Pages

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

César Lins aceitou ação por improbidade contra ex-procuradora

No Hiroshi Bogéa:


O Juiz da 3ª Vara Cível de Marabá, César Lins, recebeu a petição inicial do Ministério Público e determinoo a citação dos réus Aurenice Pinheiro Botelho e Kaio Pinheiro Botelho Costa, para oferecimento de contestação, no prazo legal.
O MP ofereceu duas ações civis públicas, uma por nepotismo e outra por improbidade administrativa contra o prefeito de Marabá, Maurino Magalhães de Lima. Em uma das ações o MP acusa o gestor de favorecer os funcionários Aurenice Pinheiro Botelho e  Kaio Pinheiro Botelho Costa.
Ela é ex-procuradora do Município, enquanto o rapaz é filho dela.
Bom observar que, neste momento processual é cabível, tão somente, o juízo de admissibilidade da ação, sendo inviável, por ora, aprofundada das provas contidas nos autos e dos argumentos das partes.
A audiência de instrução e julgamento foi designada  para o dia 14 de janeiro de /2013, às 09 horas.

5 comentários:

Anônimo disse...

Eu gostaria de saber também onde foram parar os 700 mil reais pra fazer uma reforminha na Procuradoria que adquiriu um arquivo e meia dúzia de cadeiras que inclusive saiu no jornal correios do Tocantins como uma das benfeitorias que integram o ilibado saber jurídico da douta procuradora aurenice Botelho para concorrer ao cargo de conselheira estadual da oab.

Anônimo disse...

E ainda tem o outro filho Gabriel medico lotado no hospital municipal.mais um processo de nepotismo e improbidade. e a progem de fato possui um moderno armário que custou a bagatela de 60 mil reais porém os funcionários padecem sem fax,internet,telefone coisas básicas. E tem uma tal reforma da progem que só deus sabe quanto custou

Anônimo disse...

Câmara Municipal de Marabá acaba de afastar o Sr. Maurino Magalhaães por 10 votos afavor e um em branco, e aceitaram a denúncia com 10 votos a favor e uma abstenção,agora quero ver este cidadão voltar ao cargo de prefeito,coisa que já deveria ter acontecido.Marabá agradece.

Anônimo disse...

nossa, e eu que estou a 3 meses sem comer carne por causa do atraso do vale broca e esse povo nadando em dinheiro. Esse que era o Prefeito dos pobres?

Leo Gomes disse...

É difícil saber quem é probo nesse (des)governo!