Pages

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Tal pai, tal filho?

O Águia de Marabá tomou porrada em Rio Branco e agora corre o risco de não se classificar à segunda fase da Série C.
Já seu presidente licenciado e candidato à Assembléia Legislativa do Estado pelo PT, Sebastião Ferreirinha, levou tinta no Tribunal Superior Eleitoral: a ministra Carmem Lúcia indeferiu seu registro de candidatura, ainda por conta da dupla filiação.

6 comentários:

Anônimo disse...

Demir, "candidatos lajota" (lisos e chatos) denominação para aqueles que nenhuma ou pouquíssimas chances têm de se elegerem. Em 09.09.10, Marabá-PA.

Mural de Marabá disse...

Os candidatos costumam nos empurrar goela abaixo as suas vaidades, mediocridades, insanidades, ambições e seus dons de cigarras. Buscam até em Marte o direito de estarem no meio do "bagaço": só assim viverão eternamente às nossas custas, mesmo que não consigam se eleger, já que procuram apenas uma sombra pra se encostarem.

Anônimo disse...

A vc das 6:04, só lamento preferir candidatos endinheirados (com dinheiro do teu próprio bolso que os defende), e que vem aqui só em época de eleição, isso quando vem, e que lutam para nunca ter a separação do nosso ESTADO, pois assim continuam mamando na teta dos cofres públicos. Vc ao invés de valorizar candidatos de nossa terra como o próprio Ferreirinha, salame, etc... defende os que vem buscar seu voto e conseuqentemente o seu dinheiro. Haja culhão pra aguentar tanta hipocrisia.
SERGIO FIGUEIRA DO COUTO, moro na Nova Marabá (faço questão de me identificar).

Ademir, fico chateado com pessoas que preferem esses caras de fora. Não tenho nada a favor, nem contra o ferreirinha, mas me decepciono com esses que apoiam os verdadeiros "PARA-QUEDAS".

Anônimo disse...

Esses candidatos, quando, por obra do acaso, conseguem se eleger, deixam de ser "lajotas", viram políticos "mandacarú": não dão sombra nem encosto!

Francisco Pereira disse...

Estou de acordo com o Sergio Figueira do Couto, quantos anos se fala no tão sonhado estado de CARAJÁS, deixo essa interrogação para você eleitor Marabaense.

Anônimo disse...

Ô Sergio Couto às 12:28 hs.em qual momento leste em meu comentario sobre candidatos "lajota", em que eu defendo/defendí candidatos endinheirados? Puro lapso de sua parte. Não detalhei, mas a intenção, foi que candidatos nessa situação, deveriam sim, abster-se de querer se candidatar, sem chances de obter sucesso, justamente, para evitar a divisão de votos que impede que se eleja mais representantes de um município e/ou região, como no nosso caso. Acho que nunca estivemos tão perto de não elegermos representantes tanto à nível estadual e federal, pela imensa quantidade de postulantes aos cargos entendestes ? Quanto aos candidatos pára-quedistas, sempre existirão, pelo simples fato que é a despolitização da flagrante e quase total maioria do nosso eleitorado, que infelizmente, ainda se deixa induzir/manipular. Em 15.09.10, Marabá-PA.