Pages

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Transpropina denunciada a Câmara


Hoje, 10 de agosto, no blog do vereador Edivaldo Santos:
A empresa Transbrasiliana, que a varias décadas vem prestando serviço coletivo em Marabá, foi acusada esta semana de favorecer o diretor do DMTU (Departamento Municipal de Transito e Transporte Urbano), Antonio Araújo, através de propinas, para não ter os seus ônibus fiscalizados pelo departamento.
A denuncia foi apresentada pelo vereador Antonio da Ótica (PR), ao fazer uso da tribuna da Câmara. O parlamentar disse que tomou conhecimento do fato quando observou manchete de um jornal local, onde um representante da Transbrasiliana disse que não passaria mais recursos ao diretor se o DMTU não parasse de fiscalizar os coletivos da empresa.
Antônio da Ótica disse que o MP – Ministério Público precisa se manifestar no sentido de fazer uma investigação no órgão para descobrir como funciona essa propinagem no órgão.
Para o vereador Gerson do Badeco (PHS), que também é guarda de transito licenciado, a denuncia procede, porém que recebe o recurso da propina, não é os agentes, mais sim o próprio departamento através do seu diretor.

14 comentários:

Anônimo disse...

Se o Ver. Gerson do Badeco (PHS) já sabia do propinoduto e não denunciou, incorreu em negligência quanto ao seu mandato de Vereador (fiscal do Executivo) não denunciando antes, e/ou até, conivência. Em 10.08.11, Marabá-PA.

Anônimo disse...

Todo mundo sabe, só o MP que não quer saber. Exirte outro pripinoduto chamado de: LAPEDUTO.

Anônimo disse...

Em pronunciamento nesta quarta-feira (10), o senador Mário Couto (PSDB-PA) disse que o país é uma "fábrica de corrupção", onde a população assiste perplexa às mais diversas denúncias pelos telejornais.

- É corrupção de todos os lados. Mesmo que a gente aqui tenha que alertar sempre para o que vai acontecer, o governo do PT não toma nenhuma providencia, ao contrário, estimula a corrupção no país - afirmou.

Mário Couto lembrou que muitas vezes denunciou da tribuna a corrupção no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e na administração de Ana Júlia Carepa, ex- governadora do Pará.

- Uma corrupção cínica que tomou conta do meu estado durante quatro anos, na administração do PT - afirmou.

Ao final de seu pronunciamento, Mário Couto disse que "o PT é corrupto mesmo", e que a corrupção "mata os brasileiros todo dia nas estradas, nos hospitais".

- Até quando vamos ver nosso querido Brasil sendo roubado, nosso povo sendo massacrado, pisoteado, sem educação? - indagou.

Da Redação / Agência Senado.

Anônimo disse...

Nesse desgoverno do 6M a coisa anda feia e merenda e lixo e DMTU e o pagamento do visa vale e as obras tudo anda mau a pior

So relembrando

1- Caixa 2 campanha ( não vai dar em nada que aposta 100 contra 100000)
2- merenda escola ( alimentos jogado no lixo processo contra o prefeito e o secretario de educação)
3 - Lixo ( A leão não da conta de fazer a limpeza)
4- DMTU ( caso do carro no motel) ate agora nada
5 – Pagamento visa vale ( todo mês atrasa)
6- Empresa do tocantins contratada para da suporte as laboratórios de informática das escola (ate hoje nem uma escola recebeu visita desse povo)
7- Educação não houve nem um avanço em relação as reivindicações da categoria
8- saúde estão querendo tampar o sol com a peneira trazer medico que ainda estão estudando do tocantins para fazer atendimento já sei economizar

Leo Gomes disse...

Não adianta só "Fulano saber", "Sicrano dizer", "Beltrano acusar". É preciso provar: com documentos legítimos; com testemunhos verídicos; fotos; filmagens ou qualquer outro tipo de prova palpável. Mas,onde estão essas provas? Então, é disso o Ministério Público precisa para proceder contra alguém por corrupção, desvio do dinheiro público, roubo, enfim... Sem isso é impossível a qualquer autoridade combater qualquer crime. Sem provas,o acusador fica desmoralizdo, desacreditado, fica o dito pelo não dito e tudo acaba em pizza. Fica o alerta, então,para os denunciadores profissionais, sejam quem forem. A opinião pública agradece!

Anônimo disse...

A camara através dos vereadores já veem denunciando a administraçao do Sr.Araujo no DMTU ha muito tempo,todos os vereadores praticamente de uma maneira ou d outra já denunciaram o Araujo, mas nenhuma providencia por parte do Tiao e agora do Maurino, nunca foi tomada, ele ainda posa de honesto e de homem sério.

Anônimo disse...

Ta ruim mesmo com o Araujo.

Anônimo disse...

Araujo é candidato a vereador em 2012. Se ele como diretor tá podendo tudo, imagina quando for vereador. Elka vai ser criancinha.

Anônimo disse...

O Mário Couto é suspeito pra falar em corrupção. Tenha dó seu mensageiro.

Tiririca

Anônimo disse...

Léo Gomes , o Ministério Público tem que fazer seu trabalho e abir os inquéritos nescessários, pedir quebra de sigilo telefônico, bancário e fiscal. Desta forma obterá as provas. Onde há fumaça há fogo. Quando um ou outro fala é fofoca mas quando todo mundo fala e todo mundo percebe fundo de verdade no falatorio passa a ser indicios. Baseado em indicios o MPF pediu fiscalização a CGU e logo após a fiscalização a Polícia Federal desencadeou várias operações para apreender documetos e em breve teremos a prisão de alguns suspeitos.Gostaria que o MP estadual também seguisse pelo caminho da eficácia e eficiência.Mas para quê?Mesmo em casos concretos onde há provas fortes a justiça parece nem sempre funciona.

Leo Gomes disse...

Ao Anônimo das 20h31: volto a insistir, é preciso ter provas concretas. Não estou aqui defendendo o MPE ou a Justiça Estadual, muito menos esse câncer chamado corrupção, mas veja o caso do ex-presdiente Fernando Collor de Melllo. Acabou inocentado de todas as acusações, mesmo com caminhões de supostas provas, dezenas de depoimentos contra ele e exaustivas investigações. E já foi até senador da República, depois disso. É um caso emblemático para exemplificar que quem acusa deve estar bem respaldado para não deixar o criminoso escapar das garras da lei.

Anônimo disse...

É Leo Gomes,nessa linha de pensamento (dos maus intencionados) é que se dão bem. Fazem as falcatruas, dificultam, e, às vezes, até interferem pessoalmente, na busca de provas, e, como geralmente são políticos e/ou apadrinhados destes, tudo é contornado conforme a importancia política d(o)(s)envolvidos (se aliado) e/ou não. ´Remamos contra a maré amigo. Mudar ? Só quando a imensa maioria de nós tiver esclarecimento suficiente para não votar nessa corja de usurpadores do dinheiro público. Em 12.08.11, Marabá-PA.

Anônimo disse...

Leo, eu discordo de vc.
O MP, o papel do MP e agir apartir dos indicios.
É atraves de sua ação que teremos as provas, pois ele tem como o quarto poder solicitar documentos, quebra de sigilo bancario,sigilo telefonico.
Se ha indicios de enriquecimento de agentes publicos, quem deve encontrar e comprovar é o MP buscando as provas.
Esse papo que o MP deve ser provocado é desculpa de quem não quer envestigar e/ ou incomodar amigos...

Anônimo disse...

O anonimo das 15:23, meteu o dedo da ferida.
As investigaçãoes do MP,deve iniciar aparti das manifestações de qaulquer cidadão.
-Agora mesmo o novo conselho do fundeb descobriu, que o ex.adjunto da semed carlos lucena continua na folha recebendo 8 mil reais.
-outro fato que tambem vem incomodando é que o sr.disney,aquele que tem loucura para ser secretario continua recebendo pelas duas funções;adjunto e diretor do drh.
-outro fato que tambem rola é que o nei vai pagar 100 mil para kelly nocetti pela defesa do caso da
merenda.
-agora me digam, esta moça que ja recebe pela progem e pela semed, ainda vai receber por serviços extras dentro da prefeitura, isto pode?
São fatos que o ministerio publico pode vericar facilmente.Não vamos esperar que a população tenha que fazer o papel de policia e entregar o processo pronto.
O sindicato foi comprado, não acredito, que o prefeito tenha a cara de pau de querer fazer a mesma coisa com o quarto poder...