Pages

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Outro que votou contra Carajás


27 comentários:

Shirley dos Santos disse...

Se esse tião não existisse o que seria da vida do ademir braz que vive em função do Tião Miranda.... Pow Ademir deixa o cara Marabá tem gente pior do que ele, so por que ele não te da bola, votar ou não no carajás isso e pessoal agora você quer ditar quem deve e que não deve votar pela causa, posso te garantir que todos os mas de 30 mil votos para deputado que ele recebeu na eleição contaram no dia do plebiscito, sinceramente vou transferir meu titulo para Marabá e votar nesse Tião so pra você continuar com seu blog afinal ele devia ser chamar "Blog do Ademir Tião"

Anônimo disse...

E NEM VAI TER COMENTÁRIOS,POIS NINGUEM TEM CORAGEM DE FALAR MAL DE QUEM TRABALHA.

Anônimo disse...

Alguém já postou out-door do Macarrão ali perto da Coca-Cola acusando de votar contra Carajás. Outro indigitado tem a cara na beira da rodovia, perto do Colina.
A do Tião vai ser colocada onde?
Se a campanha é contra os paraquedistas que só querem votos da região, e não a sua autonomia,então o ex-prefeito de Marabá é traíra na mesmíssima proporção e não pode ser excluído da campanha.

Anônimo disse...

enquanto isso o Salamizinho vai tentando surfar na onda querendo ser prefeito de Marabá, seguido pelo ítalo: a aposta é alta, porque quero ver se ganhar, quero ver como vai se dar com o simão preguiça; ora, ora, tudo é igual nesse meio de políticos repetitivos que querem mesmo é mamar nas tetas; esperamos renovação para Marabá em 2012 e que alguém que seja sério e se preocupe com a cidade ganhe!!!! Estes dois (tres) são a mesma moeda, com cara diferentes. Acorda Marabá!

Anônimo disse...

Agora eu quero ver quem tem coragem de pixar o Outdor do Coroné....Eu quero ver,vai ter até tropa de elite prá vigiar o outdor do Sinhôzinho...

Anônimo disse...

Anônimo das 16:19,voce deve ser mais um dos recalcados e invejosos, que existem aqui em Marabá, e a única coisa que sabem fazer, é exatamente atacar as pessoas e nesse caso especifico o ex-prefeito Tião Miranda,numa total demonstração de desrespeito e dor de cutuvelo.Portanto se vc,conhecesse a historia politica/administrativa pautada da maior seriedade,do hoje Dep. Tião, quando esteve a frente do nosso municipio, jamais o chamaria de"traira", porque o que esse HOMEM realizou de OBRAS aqui,nunca se viu em tempo algum.No periodo em que governou Marabá,a prefeitura tinha enorme credibilidade junto ao comercio local,tanto e verdade, que todos queriam vender para o municipio,porque sabiam que na data acertada lá estava o pagamento,da mesma forma os funcionarios publicos, que podiam fazer compromissos confiados nos seus salarios que eram rigorosamente pagos em dia.Quanto o mérito final do teu comentario, sobre a não participação do Dep. na campanha do blebiscito,vc está faltando com a verdade, pois sua prticipação foi em defesa da criação de carajás. A questão, que talvez vc desconheça é que a campanha se resumiu a poucos que queriam tirar proveito proprio,deixando de fora muitas lideranças que não puderam participar de forma visual(televisão/rádio),numa total demonstração de egoismo politico.Talvez isso tenha contribuido pra nossa derrota.Abs

ANdre disse...

Dizem as bocas miudas que ele foi o responsavel pela boca de urna do nao, ou seja ele pagou para fazer o pessoal votar no NAO como ele na orla a noite anterior ao plebiscito se declarou NAO. Em outubro vamos dar NAO para ele..

Wesley Zenóbio de Souza disse...

À Shirley Santos e aos anônimos das 15h59, 19h08 e 21h09
Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah. Obras? Que obras? Cadê as obras do Tião? Só otário mesmo pra acreditar nisso... O que o Tião fez durante seis anos foi maquiar cidade, com uns asfaltos aí que não podem ouvir falar em chuva que já vão soltando... E deixou uma bela de uma herança para o égua do Maurino,que de burro (ou égua!) não pediu uma auditoria logo que assumiu. É tudo farinha do mesmo saco, tudo arrogante, tudo enganador, tudo falso moralista...E igualmente égua é quem acredita que o Tião faz alguma coisa... Nada... ele, como o Maurino, é um grande enganador e mais perigoso ainda que o égua. Aliás, fez sim, e muuuuita gente sabe o que ele fez muito bem!!!

Vila São José disse...

Ademir.
Tem comentários na rua que o delegado Tião não só votou no não como colocou dois mil boca de urnas desfasados de fiscais, que camarada mal sendo filho da cidade que representa basicamente a região do carajás, esse moço foi desleal e covarde com os 96% do eleitorado do SIM, vamos tambem dizer não a esse senhor que vá se candidatar em Belém. Vamos Salame vamos.

Leo Gomes disse...

Administrador público trabalhar com seriedade e honestidade não é favor nem caridade. É obrigação. É para isso que nós, o povo, os elegemos e pagamos... E na grande maioria das vezes não cobramos. Cobramos o pobre coitado que nos deve míseros R$ 5, mas esquecemos de cobrar aqueles que administram (e não poucas vezes muito mal) os milhões e milhões de reais pagos com cada gota do nosso suor e do nosso sangue a cada dia, a cada minuto de trabalho, tanto do pobre assalariado quando do abastado empresário. Isso mesmo, é do nosso bolso, do meu, do Ademir Braz, dos comentaristas deste "Quaradouro" e de todos os que compõem a massa da população que sai o dinheiro, nem sempre usado em nosso favor. E o eleitor brasileiro, finalmente, está, com muita pancada, aprendendo isso e mostrando a cada pleito que não mais se deixa enganar com balinha. Então, a eleição do dia 7 de outubro pode ter surpresas em Marabá e eu torço para que e eleitor, com o resultado do plebiscito, tenha aprendido, tenha percebido quem pensa no bem estar coletivo e quem só olha para o próprio umbigo.

Ademir Braz disse...

Dá-lhe, Léo!
Falou e disse!
Um dia a turma aprende a se respeitar, já que os políticos atuais não respeitam ninguém nem tem compromisso com a região, as comunidades, o que quer que seja.

Ademir Braz disse...

Shirley: se você diz que vai transferir seu título é porque, no mínimo, é do Maranhão. Ou de outro estado. Ou de outro município, não interessa. Tem sua própria história, vota no Sarney, no Jader e coisa e tal. Se nunca transferiu o título, é porque está, digamos, só passando uma chuva aqui, igualmente não tem compromisso com nossa gente, se não votou NÃO fez campanha contra nós, emancipacionistas, porque se recusa a ver o óbvio: o sul e sudeste do Estado não integram - se for olhar direito, nunca integraram de fato - o Pará das marés e da turma que se considera "elite" e perdeu contato com a realidade.
Mas, fique à vontade. Disponha dos equipamentos sociais que construímos com o suor do nosso rosto e o sangue dos que morreram nos castanhais, nos garimpos. Depois volte para seu lugar, como todos fazem quando melhoram de vida.
Boa sorte.

AIRTON SOUZZA disse...

Parabéns Leo Gomes pelas palavras...o que falta em nós talve seja atitude e acreditar em dias melhores..Os políticos com as nossas atitudes entendem que está tudo bem... Vejam só caso do VALE alimentação quen nunca foi pago.. e NÓS nada de cobrar... Aceitamos.. precisamos é de PESSOAS POLÍTICAS DE COMPROMISSO... Ademir tá certo de COBRAR quem votou ou não no SIM.. ALIÁS, ISSO ERA PARA DIAS MELHORES PARA TODOS NÓS...

TÔ COM VC SEMPRE CARO ADEMIR BRAZ ABRAÇOS!!!

Anônimo disse...

Meus caros colegas,
Para quem não lembra mais, o Tião miranda esteve no governo desde 1998 quando então o prefeito era o Dr geraldo Veloso, este senhor usava uma cadeira de vice prefeito e também de secretário de obras. após dois anos de mandado o Veloso faleceu e o então senhor se tornou Prefeito por 10 longos anos e quase se perpetuou na cadeira. Quem não lembra de suas atitudes, de sua cassação e tudo o mais que fez com os profissionais do Magistério, onde manteve a irmã da então vereadora Vanda Américo, Kátia Americo na secretaria de educação humilhando e dando berros dentro da secretaria como se aquele espaço fosse a casa dela. Quem não lembra? Ela hoje torce para o Tiãozinho voltar para o executivo e ela voltar para a semed e começar a umilhação tudo de novo. Deus que nos livre de gente como esta.
Doidão de Raiva... CHEEEEEEEEGA!

Ademir Braz disse...

Na verdade, Doidão, Tião Miranda chegou à prefeitura em 1993, quando Haroldo Bezerra o colocou como Secreteário de Obras.
Em 1996, à falta de candidato confiável, Bezerra ressuscitou Dr. Veloso, que estava há 20 anos fora da política e o lançou candidato.
Tião Miranda nunca mais falou com Haroldo Bezerra por causa disso: esperava ser indicado cabeça de chave e Haroldo o indicou vice.
Essa é a história real.

Anônimo disse...

Ademir eu votei no tião e não voto mais,e eu sou maranhense, deixe de achar que a cultura do maranhão é atrasada, esse pensamento é etnocêntrico, mais deixa pra lar, o que ser ver nestes comentários são dois grupo, que de uma forma ou de outra vão ser beneficiado de forma pessoal,o anônimo das16,19 dever ser mais um daqueles que tem escritório no bairro do Amapar, se estiver errado que mim perdoá.

Ademir Braz disse...

Nada contra o Maranhão, das 12:39, nada contra o Piauí, Ceará, nada contra o Nordeste como um todo. Foram os nordestino que colonizaram esta parte do mundo. Também não disse nada sobre atraso na cultura maranhense.
Apenas sublinhei que o(a) Shirley pode ter vindo de qualquer lugar (porque aqui é um pólo de migração) e por não conhecer quem é quem na nossa história, cometeu equívocos. Só isso.

Anônimo disse...

Agora que o salamizinho quer surfar na onda quer sim, achando que tem voto em Marab á: SIM é uma coisa, SALAME é decomê...

Anônimo disse...

Tiao foi um acidente que aconteceu na administração de marabá. Se o dr Veloso não tivesse ido a obito ele, talvez, nunca seria nem mesmo vereador.
Entao a conclusao é a seguinte:
Um politico nao pode se perpetuar tanto tempo no poder com mentiras e enganações.
Durante a re-eleição para prefeito do veloso/tiao disputando com a elza miranda ele foi julgado pela dra Margui Bitencourt e saiu ileso de uma culpabilidade que poucos sabem devido a coerção de testemunhas e falsificações de documentos e o mesmo contava com uma gama de advogados. Saiu ileso. Eu fui uma destas testemunhas....Me arrependo amargamente, mas precisava do emprego.
Este é o Tiao que alguns não conhecem...Um trator, que passa por cima de tudo e todos e que acha que não precisa de vc, seu otario, que o está defedendo e ele somente o usa para chegar ao seu objetivo como fui usado para nao ser demitido.

Pablo Pietro disse...

Ninguém é contra a opiniões contrarias as nossas, a questão é você ser de uma região,pregar uma coisa e por trás fazer totalmente diferente.
o que o nobre deputado fez foi jogar com nossos sonhos, afinal o mesmo levou mais de 30 mil votos e até agora não fez nada por nós,no plebiscito ele mostrou que todo esse tempo apenas estava de olho em seus interesses pessoais e nada mais, e quem defende esse senhor deve ser mais um dos baba ovos que ele tem aqui,moro na rua dele em Marabá e o mesmo em sua gestão apenas asfaltou sua quadra, marabá não merece esse senhor como prefeito,marabá merece mais no seu centenário que se aproxima.
Viva Marabá,Viva Carajás.

Anônimo disse...

Ao Carajás SIM, ao Tião e a sua secretaria no governo Jatene, NÃO e NÃO.

Anônimo disse...

Peraí Ademir, você é um baita jornalista, mas especulador??? Menos né... mentir assim é sacanagem que depõe flagrantemente contra sua imagem e mancha o trabalho que vc vem fazendo. è melhor pensar antes de escrever besteira.

Anônimo disse...

Não quero relembrar o passado,nem tam pouco julgar, mais a luta de CARAJÁS comecou aqui (Marabá), onde tivemos os (politicos ) maiores adversarios da luta, não quero generalizar, tivemos alguns que vestiram o uniforme da batalha ao longo destes 31 anos, posso cita-los, caso necessário for, e neste período da campanha do plebiscito só vimos nas ruas ( em defesa do 77) Asdrubal, Miguelito, João Salame e ...... se vc lembrar de algem mais, me diga onde e quando. faço aqui reservas a algus empresarios, Léo, Zucatelli, Italo, Rock e outros.sem deixar de lembrar do POVÃOO estes, não se pode deixar de parabeniza-los. Mais o assunto é mesmo aqueles que estiveram do outro lado, espero que saibamos dizer em outubro, o mesmos que nos diceram aqora. NÃO NÃO. Um forte abraço a vc Companheiro Pagão. Pau meles..... (cuidado com a BUIUNA)

Pedro Gomes disse...

O Tião tinha a obrigação moral de apoiar a luta pró-Carajás e demonstrar respeito ao eleitor marabaense que votou em peso nele. Mas isso serviu pra mostrar que os interesses dele difere dos interesses da população local. Agora, vai ser a nossa vez de dizer "Não e Não!"

Anônimo disse...

Eu no sim e nem por isso eu me vejo atrida a votar no João salame.Ele foi escolhido assim como o Lira Maia foi.
Agora dizer que ele é o nosso dom quixote é o puro exagero.
o egocentrismo,a megalomania do João Salame que o faz pensar que agora ele ta credenciado a ser o prefeito de maraba.
Esse foi um dos grands erros da campanha "a personalisação da campanha".Fizeram a campanha de carajas pensando nas eleições de prefeito.

Fernando Kowboy disse...

O problema do SIm, foi ocasionado desde sua comcepção, onde o debate nunca foi massificado, onde havia reuniões apenas para se criar comissão disso, comissão daquilo, como arrecadar um milhão. Tião diz, abertamente que foi sim contra o SIM, por que não apoiava a maneira como estava sendo levado o debate, sem propotas e batendo no seu governo Jatene. Mas, ele, Tião Miranda pecou feio ao não tomar, em nenhum momento alguma ação que se mostrasse em favor da nossa região, até mesmo a sua conta no facebook, que era adesovada com um lindo SIM 77, era administrada por um amigo seu. Ele mesmo não sabe nem a senha.. Ele como lider das pesquisas para prefeito, e deputado mais votado da região pecou feio, e ele tem sentido muito, mas sua arrogancia diminuiu pouco diante de tanta clamação. Ele ja chegou a dizer que em outubro não haverá eleição, mas sima aclamação do povo de Marabá para com ele, já quase prefeito!

Anônimo disse...

Tião vai entregar a sua vaga de deputado a uma pessoa de outram região, nos deixando com menos representação na assembleia legislativa. se ele se candidatou a deputado que cumpra seu mandato e não deixe a população com mkenos representação ainda. Somos a parte menos benefiacada pelo estado, e com menos deputados sera pior ainda.