Pages

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ferreirinha já está no Crama

Preso pela Polícia Federal na manhã de hoje, o ex-vereador Sebastião Ferreira Neto, o Ferreirinha, presidente do Águia de Marabá, ele foi ouvido na DPF, depois fez exame de corpo de delito no IML e em seguida foi levado para a penitenciária agrícola, onde ficará por cinco dias. Ele é acusado de tráfico de influência e participação em esquema de aprovação de corte ilícito de madeira, através da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).
Uma fonte, que pediu para não ser identificada, acredita que Ferreirinha tenha sido induzido a autorizar projetos fantasmas por uma pessoa que lhe era muito próxima e que se acha foragida. "Ferreirinha quase nem ia à secretaria, onde deixou aquela pessoa cuidando da burocracia, enquanto se dedicava por inteiro à participação do Águia no campeonato estadual", justificou.
A mesma fonte teme pela segurança do ex-vereador. "Ele é casado com a delegada Silvia Mara, que mandou muito bandido para o Crama, e os caras podem querer se vingar nele agora", observou. 
A expectativa é que, sendo preso da Justiça Federal e contando com amigos dentro da administração da penitenciária, onde inclusive indicou a nomeação de alguns, ele seja deixado longe desses prisioneiros.

35 comentários:

Dr. Valdinar Monteiro de Souza disse...

Ademir Braz:

Falo sem conhecer o processo, daí minha obrigação, como advogado, de fazer a ressalva. Quero dizer, contudo, que acredito na inocência do Ferreirinha, e quero aqui, de público, hipotecar minha solidariedade a ele e a sua família.
Não sei quem é essa fonte que preferiu ficar incógnita, como também não sei quem seria a pessoa que, segundo o incógnito, teria induzido o Ferreirinha a assinar processos viciados, fraudulentos, ou coisa que o valha. Porém, conhecendo a pessoa de Ferreirinha e essa coisa chamada serviço público, tenho como muito plausível essa possibilidade de ele ter, Ferreirinha, por confiar em terceiros, ter sido induzido a erro. Isso o processo poderá esclarecer.
Também temo, como cidadão e como amigo, pela segurança dele na Casa Penal. Mas ele tem, com certeza, o apoio de sua família e de seus amigos, e o Estado é responsável por sua segurança e integridade física.
É isso, mano velho!

Anônimo disse...

na Câmara...?
E agora, Ademir, como fica o águia, será se a diretoria sai toda e muda tudo, ou tudo como antes? Podiam prender era o Galvão, assim resolvia boa parte dos problemas do time rs rs rs ....

Anônimo disse...

Eu acredito que Sebastião Ferreira Neto, o "Ferreirinha", não esteja envolvido nessa historia. O mundo é rodeado de pessoas que não conseguem se sentir felizes, enquanto não conseguir a infelicidade dos outros!

Anônimo disse...

Dr Valdinar

Vc me decepcionou ao fazer a defesa do réu antes de ver o processo.

Vc sabe muito bem como é que é a politicagem por essas bandas. Vc "convive" não muito bem, por que acredito em vc! com os "nossos representantes" naquela maudita casa de lei.

Sabe perfeitamente o que fazem!

Portanto, cadeia para todos que utilizam de cargos públicos para fazer lobby e ou tras tramoinas na SEMA e outros órgãos.

Anônimo disse...

Professora Edilza Fonte Critica Dionisio e Ferreirinha em seu Blog.

Quem te viu quem te ver... Quem não sabe da verdadeira historia pensa que a pobre professora Edilza e mais uma enganada pelo Dioniso. Mas a verdadeira historia e que a professora Edilza atuava junto com Dioniso, em esquemas num tanto suspeito na região, chegando ate ser sócios em uma empresa de exploração de recursos naturais. Esquema esse que custou aos cofres do Estado cifras ate hoje não divulgados. Pensamos, ... como um professor do estado com 100hs aulas conseguiu criar um império, tornando-se um empresário no ramo da construção civil.( Há... só pra lembrar aos navegantes, a empresa do Super-Dio explorava areia e seixo com a autorização da SEMA...) , E porque dessa raiva repentina da Professora com o seu aluno mais admirado?... Só pra lembrar também, que a saída da Professora Edilza Fontes do governo Ana Julia ate hoje, ainda não foi totalmente explicado. Essa e mais uma historia do aluno superando o seu mestre.

Gilvandro Oliveira disse...

Ademir,

Você melhor do que ninguém, conhece os verdadeiros PTs de Marabá, e de uns três anos prá cá, esse rapaz passou há ser a vóz da Governadora em Marabá e o mais PT de todos.

QUASE todas as decisões de governo que acontecia nessa cidade tinha que ter o haval dele, e ai meu amigo, talves o garoto não tivesse preparado e foi assinando tudo e o poder subindo a sua cabeça e decidindo esse tipo de situação.

Vamos torcer para que não seja comprovado a sua participação.

Quaradouro disse...

Companheiros, minha opinião.
Conheço Ferreirinha desde o tempo em que ele jogava bola - e bem! - no Zinho Oliveira. Acompanhei seu trabalho na Câmara, onde foi um dos nossos melhores vereadores, principalmente pela fiscalização que exerceu sobre o Executivo. Tião Miranda tomou-se de raiva dele, mas teve de engoli-lo: se tivesse encontrado alguma brecha, teria soltado os cachorros na moral do Ferreirinha.
Também conheço a dimensão da sua generosidade e estou certo que, se erro existe, terá sido por confiar de pessoas incorretas.
Sou um dos preocupados com a segurança dele no Crama, aquele covil sem qualquer segurança.
E se ele ou seu advogado precisarem de um assistente, estou aqui.De graça.
Depois a gente vai brigar por causa do Águia.

Dr. Valdinar Monteiro de Souza disse...

Ó anônimo das 17:16 de 10 de dezembro:

Não se decepcione! Você, com efeito, fez uma leitura equivocada do meu comentário. Primeiro, ressalvei expressamente que não conheço o processo e que falava com base tão somente no meu conhecimento da pessoa de Ferreirinha. Segundo, como advogado e defensor da aplicação correta da justiça, defenderei sempre o princípio constitucional de presunção da inocência (ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória), bem como o princípio do contraditório e da ampla defesa. Terceiro, reafirmo que não acredito que Ferreirinha tenha exigido ou recebido comissão de quem quer que seja para liberar processos de manejo. Nesse sentido, acho plausível a informação de que ele foi induzido a erro por terceiros, ainda que por causa da combinação de "culpa in eligendo" e "culpa in vigilando" (expressões jurídicas que talvez não você não compreenda, algo como, aproximadamente, “culpa pela escolha e pela pouca vigilância do subordinado”).
Até prova em contrário, para mim, Ferreirinha é inocente nesse processo. É preciso que o devido processo legal prove o contrário, até porque é um direito de todo acusado e um poder-dever do Estado. Se não provar, Ferreirinha fará jus a uma boa indenização por danos morais. Quanto ao mais, muito obrigado por acreditar em mim. De fato, não concordo com coisas erradas e jamais dei parecer jurídico ao arrepio da lei ou do direito. Não apoio nem incentivo tramoia.
Tal qual fez o colega Ademir Braz, se o advogado de defesa de Ferreirinha, nosso colega de profissão e irmão de ideal maçônico, precisar de assistente, embora eu tenha certeza absoluta de que não precisa, pôr-me-ei humilde, mas corajosamente, à disposição, para promoção de uma defesa dentros dos ditames da lei, do direito e da justiça.

Anônimo disse...

nos passamos a nossa vida esculhanbando os politicos chamando os de corruptos, mas na hora que um vai para o chilindró, ficamos tentando justificar,arranjando culpados ou motivos que levaram a cometer o crime.
Ferreirinha e Dionísio, estavam comendo açaí e arrotando caviar.
Os dois estavam podendo, e sabiam muito bem oque estavam fazendo.Ganhando dinheiro ilicitamente.Que gaste dinheiro com advogado e se defendam.Os cinco dias na cadeia vai servir para diminuir a arrogância dois dois.
Muito bonito para a Ana Júlia, seus dois representantes mais importante em marabá na cadeia.

Anônimo disse...

Um dos poucos políticos brasileiros que possui a tão falada e comentada "FICHA LIMPA", o nosso querido amigo, Ferreirinha, já foi vereador por 4 mandatos no município de Marabá(PA) e com uma ficha de dar inveja aos adversários políticos, o querido Ferreirinha ,como é popularmente conhecido, trabalhou muito na Câmara Legislativa de Marabá(PA), seja na elaboração de leis municipais, projetos para o município e região quanto na fiscalização dos recursos públicos. Na condição de vereador, FERREIRINHA, atendeu sempre com carinho a população e trabalha na certeza de que o POVO é o real dono do seu mandato e por isso mesmo, se tornou um dos políticos mais respeitado em todo o estado do Pará.
Acho que para um bom entendedor meia palavra basta! Muitos nos deixamos levar pela cantoria daqueles que insistem em manter-se cegos e surdos. EU APOIO O FERREIRINHA, E ACREDTO EM SUA INOCÊNCIA. Gostem ou não!

Ulisses Silva disse...

Ademir, este é um exemplo a ser seguido por nossos julgadores: Gabinete do ministro Lewandowski mantém certificação ISO 9001, disponível em

Anônimo disse...

O MPE pediu a cassação do diploma do Macarrão....
PROCESSO:RP Nº 319985 - Representação UF: PA TRE
Nº ÚNICO: 319985.2010.614.0000
MUNICÍPIO:BELÉM - PA N.° Origem:
PROTOCOLO:232752010 - 09/12/2010 12:08
REPRESENTANTE(S): MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
REPRESENTADO(S):PAULO LIBERTE JASPER
ADVOGADO: .
REPRESENTADO(S):WANDERLEY CAMPOS WERNWK
ADVOGADO: .
RELATOR(A):JUÍZA EVA DO AMARAL COELHO
ASSUNTO: REPRESENTAÇÃO - CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO - DEPUTADO ESTADUAL - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE DIPLOMA - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE REGISTRO
LOCALIZAÇÃO: SCAD-SEÇÃO DE CONTROLE, AUTUAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO
FASE ATUAL:10/12/2010 11:12-Enviado para GABJM. Conclusos

Anônimo disse...

Ademir, proponho uma medida judicial de substituição carcerária; tu, como assistente, faz o seguinte: propõe o Galvão para ficar no Crama no lugar do Ferreirinha, resolveriamos três problemas: o do Ferreirinha, o do águia, arrumava-se outro técnico, e o do sobrepeso do Galvão, uns dias lá ele ficava mais magrinho, magrinho, quem sabe? Que tal?

Anônimo disse...

Ademir, vc não existe!...
Sua postura em relação ao Ferreirinha é digna de um homem íntegro, jornalista sério e principalmente coerente. FERREIRINHA É TUDO O QUE VC DISSE!...e assinamos embaixo. Por pensarmos assim como vc, é que estamos organizando uma moção de apoio ao marabaense logo após sua liberação, o que esperamos seja já na segunda (13) iniciando com uma coletiva dele à imprensa no Lyons Club Novo Horizonte, para o que aproveitamos o espaço para convidar a todos. Inclusivo você, que pela sua postura diante do episódio, será homenageado por nós todos que lá estaremos. Obrigado, amigo!!!! assinam esse post, vários amigos que neste momento, (11h40 deste sábado)estamos preparando uma nota de solidariedade. Vamos procurá-lo. ABRAÇOS...

Quaradouro disse...

O das 07:40 não deve estar falando da mesma pessoa que nós. Ou, então, o visível rancor de suas palavras lhe tumultua o pensamento e a visão de mundo. Uma pena, a sua concepção de que todo político é salafrário.
Lamentável ter de dizer isso.
Quando ao anônimo das 10:53, putzgrila, moço! A gente falando de coisa série e você vomita macarrão em cima da gente!!?? Ô raça!!!!

Quaradouro disse...

Uma vez, durante a pré-campanha da candidata Ana Júlia, prof. Dionísio convidou-me para uma audiência com a prof. Edilza, no José Mendonça Vergolino.
Eu, que tenho sempre um pé atrás com políticos de Belém (que só aparecem em véspera de eleição e nos chegam como se isso aqui fosse a extensão de suas baixadas), eu fui, mais movido pela curiosidade.
Não lhes falo da pancada que tive em certas concepções estéticas, isso é irrelevante, mas a presunção dela me botou porta a fora.
Agora, leio no blog dela que ela fez de tudo pro Ferreirinha não ir pro PT (no que talvez tenha tido razão, sendo o PT o que é hoje), seguramente achando que seria um forte concorrente às suas pretensões eleitoreiras.
Fiquei com a impressão que ela, derrotada e no seu afã de vingança, está feliz com a prisão do presidente do Águia.

Anônimo disse...

Realmente é lamentável que o Ferreirinha tenha sido preso, mas no entanto se ele tivesse se dedicado ao povo tanto quanto se dedicou ao Águia talvez não estaria nesta situação, ou seja se ele tivesse delegado a uma outra pessoa a direção do Águia ao invés de ter feito isso com uma secretaria estadual(questão de lógica). É com o dinheiro e a moral do estado que ele estava brincando. Mas o que é o bem da população se o Águia está na mídia e ganhando de vez em quando!!?? Vai Águia!!!!

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Dionísio, um alpinista politico, fez de tudo para chegar onde estar, atrás das grades.
O sr.Dionisio foi solicitado a prefeitura de Marabá para participar ainda no governo de transição da Ana Júlia. E a partir dai o cara se tornou um grande nome do partido dos trabalhadores no Estado.
A governadora deu autorização ao rapaz para trocar todas as diretoras das escolas estadual no sudeste do pará.
Indicou a diretora da 4ª URE, deixando a deputada Bernadete chupando o dedo. Agora me diga quem esquentou e garantiu todos os rolos do Dionísio no governo?

Quaradouro disse...

Ô das 23:09: Se o Ferreirinha tivesse "se dedicado ao povo tanto quanto se dedicou ao Águia", como você diz, ele estava era lascado!
Eu não conheço povo mais vampiro que o nosso: não lhe basta comer os ossos, tem também de arrancar a alma de quem tenta ajudá-lo!

Anônimo disse...

caro Ademir é triste ver um cara jovem acabar com sua carreira politica no crama.
Mas nos sabemos que o Ferreirinha sempre foi louco por dinheiro.E fez de tudo por dinheiro na câmara como presidente , como vereador simplesmente e o que estava fazendo no Estado.Ele mesmo deixava transparecer o poder e a influencia que ele tinha no governo e sobre a governadora.
Oque eu não vejo é o Ferreirinha como o coitadinho, que foi influenciado pelo dionísio para assinar documentos.

Quaradouro disse...

Não concordo com você, das 17:53. De jeito nenhum!

Anônimo disse...

Acredito no Ferreirinha, e realmente enobreço a posição do Ademir, que apesar de discordância com algmas questões do Aguia, como a manutenção do Galvão, responsávelmente, se posicina a favor, de quem ele muito conhece que é o Ferreirinha. Vereador por quatro mandatos, dedicados e sem rabo preso com ninguém.
Um dos caras mais apaixonados que já vi por essa Marabá.
Eu tô com Ferreirinha e acredito que essa armadilha vai ser desvendada, e que esse pesadê-lo vai passar.
Têm muita gente festejando e torcendo contra, mas Deus tá vendo, e o "feitiço" virará contra "os feiticeiros".

Força Ferreirinha!

Anônimo disse...

Primeiro de tudo é importante aguardar o desenrolar dos fatos, já que a Polícia Federal, que se sabe, não se presta a ser usada para perseguir a pequenos bagres. Ainda se fosse um peixe grande, vai lá.

Se a Polícia Federal efetuou a prisão, uma coisa podemos ter certeza: ela não se equivocou quanto a quem estava predendo e o motivo da prisão.

Essa de Ferreirinha pedir indenização é um pouco precipitado, afinal, ao que parece, as assinaturas são dele e é pouco provável, para quem convive com os lobos, deixar o galinheiro aberto, quer dizer, não sabia do que assinava. Sabe ler perfeitamente.

Não faço torcida pela liberdade dele, nem tampouco jogo pedras. Mas é preciso esperar o resultado das investigações da PF, bem como da prisão dos demais envolvidos.

Quanto ao Ferreirinha, não posso afirmar ser verdade, mas já ouvi uma história a respeito de uns 500 mil reais, me parece que da escolinha do Águia ou coisa parecida, que ele aplicou numa associação do bairro Amapá. Pode ser boato, mas as pessoas que comentaram isso, disseram também que participaram da conversa, ouviram muito claramente a proposta dele para o presidente da tal associação.

Como a assinatura é dele, o ônus da prova cabe a ele, já que ao que parece, a PF tem suas provas em mãos.

E é assim: a Lei é para todos.

Acredito que isso não dê em nada, como não deu para o ex-secretário de saúde que também foi preso... Parec que também era inocente.

Anônimo disse...

Aos amigos as benesses da Lei; aos inimigos, o rigor da Lei.

Pra quê falar em justiça e lei nesse país?

É como o tal dos direitos humanos. Afinal, a que humanos eles defendem o direito?

Se fosse um preso pé de chinelo, até as vísceras de seus ancestrais seriam expostas, todos iriam querer queimá-lo vivo numa fogueira em praça pública.

Mas quando se tem pedigree...

Acabo crendo que todos que estão nos cramas da vida, são inocentes. Foram induzidos a praticar os crimes pelo qual estão lá dentro. Merecem uma polpuda indenização.

Quanta hipocrisia!

Anônimo disse...

ferreirinha, sai candidato a prefeito que nós vota em tu.

Anônimo disse...

se o ferreirinha fosse tão inocente assim ele não estaria atrás das grades, alguma coisa ele fez né.ou ele foi preso por engano rsrsrsrs!!!!

Quaradouro disse...

Opa! Opa! Opa! Olha a droga da carroça puxando os bois de canga!
A prisão de qualquer pessoa se dá no flagrante delito ou por decisão judicial.
Quando a PF prende, por trás do seu ato existe todo um processo iniciado no Ministério Público Federal, cuja denúncia é oferecida ao Judiciário. Dependendo do convencimento do Juiz Federal é que sai o mandado de prisão.
O Ministério Público brasileiro é caracterizado principalmente por insuficiência de mão-de-obra e de equipamentos. Assim, há uma baita limitação (e conseqüente demora)no seu processo apuratório. Não raro, com algum abuso embutido nas suas conclusões, que só será apurado pelo Judiciário depois que analisar as provas carreadas aos autos.
Neste caso, o Juiz afasta os excessos ou reconhece a inocência de alguém. Que pode estar preso injustamente.
Se o caso aplica-se ao Ferreirinha é uma coisa a ser provada.Mas que ele, enquadrado ainda nas condições de bons antecedentes, residência fixa, trabalho definido outras condicionantes tem direito a responder em liberdade, isso é direito dele.

Dr. Valdinar Monteiro de Souza disse...

Há muita gente falando aí por mera paixão e sobre o que não entende. O fato de alguém ser preso pela Polícia Federal ou ainda por qualquer outra Polícia não significa necessariamente que essa pessoa seja culpada.
Nós que atuamos na área jurídica sabemos mais do que ninguém que é muito grande a frequência com que pessoas foram presas provisoriamente - como PROVISÓRIA é a prisão de Ferreirinha - e depois, com o desenvolvimento normal do processo, se verificou que eram inocentes.
Ferreirinha foi preso PROVISORIAMENTE, não porque a POLÍCIA FEDERAL ACHOU QUE DEVIA PRENDER, foi preso provisoriamente porque A JUÍZA FEDERAL Hind Ghassan Kayath DECRETOU, mediante denúncia do Ministério Público Federal, a PRISÃO PROVISÓRIA. Isso, contudo, não significa necessariamente que seja CULPADO. No FIM DO PROCESSO é que se saberá se é culpado ou não. Se for INOCENTE terá, sim, direito a indenização.
Não creio que o Crama e outras casas penais estejam de inocentes. Pelo contrário, existem muitos culpados soltos por aí.

Anônimo disse...

Ademir, por qual motivo vc não postou a noticia da prisão do Dionísio?
Pela amizade?
Por acreditar na inocência dele?
Ou outros motivos que minha inteligencia não consegue alcançar............

Anônimo disse...

moço! pelo que eu li acima, concluo: A culpa é da Federal, do papa,de Jesus Cristo... E o Ferreirinha, o Nagilson, o Elias maluco, o Fernandinho beira-mar... são tudo inocente, tadinho deles. ¨Dize-me com quem andas e te direi quem és¨.

Quaradouro disse...

Cuidado com as limitações do que você chama de sua "inteligência", das 14:09. Está parecendo retardamento mental...
O Dionísio foi preso em Belém, coisa que só o Hiroshi (onde li a informação) publicou. Eu nem sabia que ele estava em Belém ou que assessorava o Ferreirinha.
Por que eu haveria de esconder a notícia da sua prisão?
Dá um tempo!...

Dr. Valdinar Monteiro de Souza disse...

Ó anônimo das 17:22 de 14 de dezembro:

Você mistura feio e perigosamente as coisas, situações e pessoas. E não creio que seja por ignorância, deve ser mesmo voluntariamente, por paixão, má-fé ou coisa errada parecida.
Só mesmo por muita má-fé é que se pode comparar ACUSADOS QUE ESTÃO SOB INVESTIGAÇÃO, como Ferreirinha e Nagilson, com criminosos CONDENADOS COM SENTENÇA PENAL CONDENATÓRIA TRANSITADA EM JULGADO, depois de terem sido submetidos a processo com as garantias do contraditório e da ampla defesa, na forma da Constituição e das leis penais, como Fernando Beira-Mar e Elias Maluco.
Repito! Prisão provisória – seja efetuada pela Polícia Federal, seja por qualquer outra Polícia – não significa que o acusado é culpado, significa tão somente que o acusado preso está sendo investigado e teve a PRISÃO PROVISÓRIA decretada por UM JUIZ OU TRIBUNAL, para que as investigações continuem sem que o ACUSADO possa, no mero entendimento prévio da autoridade judicial, atrapalhar as investigações.
Também pudera!... Esperar o que de alguém que mistura Jesus Cristo com o papa e a Polícia Federal? Cuidado, anônimo, com absurdos como esse! Para mim, o Ademir e os demais leitores do blogue você se esconde atrás do anonimato; para Jesus Cristo,que é o Filho Unigênito de Deus e um dia voltará a este mundo com juiz totalmente justo, imparcial perfeito, não. Ele sabe muito bem quem é você. Respeite o nome dele!

Anônimo disse...

Quanta hipocrisia!, se para eleger o atual prefeito de marabá, vcs evangélicos usaram o nome de Deus, de Jesus ,para tudo, ate para dizer que o maurino era escolhido por deus,que era o mensageiro,que tinha sido uma revelação.
Então quando é de interesse, pode usar o nome de Deus.
Eu espero muito que esse juiz volte, e pegue esse povo que andam lambendo a Biblia, mas no escurinho do cinema, Deus me livre.

Dr. Valdinar Monteiro de Souza disse...

Vocês, vírgula! Hipocrisia a sua! Eu nunca fui e jamais serei de sair usando o nome de Deus em vão.
E quero-lhe dizer que a proibição de usar o nome de Deus em vão – que é o segundo dos Dez Mandamentos e, por sinal, foi dado antes de Cristo, no Velho Testamento – vale para todos os homens, evangélicos e não evangélicos, crédulos e incrédulos.
Eu mesmo nunca disse que Maurinho é enviado de Deus, portanto, deixe de mentiras. É a Bíblia que, por exemplo, no Novo Testamento (no livro de Romanos, capítulo 13, versículos 1 e 2) diz: "Que todos obedeçam às autoridades. Porque não existe nenhuma autoridade sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas por ele. Assim quem é contra as autoridades é contra o que Deus mandou, e os que agem desse modo vão trazer condenação para si mesmos." Usei a Bíblia traduzida na linguagem de hoje, da Sociedade Bíblica do Brasil; outras traduções usam sinônimos, mas o sentido é o mesmo . É a Bíblia!
Agora, se o Maurino ou qualquer outra autoridade se esquece de que tem a obrigação de agir corretamente, de trabalhar com justiça para o bem da comunidade, o problema é dele ou dessa autoridade, não é da Bíblia nem meu. E – mais do que isso – ele ou essa autoridade haverá prestar contas, primeiramente às outras autoridades, aqui na Terra, na forma da lei, e depois a Deus, no Dia do Juízo, segundo diz também a Bíblia.

Goreth Valério da Costa disse...

Afastada de Marabá desde o inicio do mês de dezembro, não soube da prisão do amigo Ferreirinha, mas acredito na sua inocência. Acredito também que se houve erro da parte dele, não foi proposital.
Creio ainda mais que isto tem cheiro de armação já que o Ferreirinha até então é um político FICHA-LIMPA , certamente um dos poucos políticos de Marabá com FICHA LIMPA e uma das poucas vias possíveis para suceder a inexplicável e desastrosa administração MM eleito pela aversão a truculência TM;talvez seja por suas idéias e ideais que Marabá conheça verdadeiras transformações sociais.
E bate agora o arrependimento por ter me omitido em auxiliá-lo no período que ficou diretor do CIR. O amigo mencionou que precisava de alguém com conhecimento técnico que fosse de sua confiança. No entanto por princípios éticos acreditei que não seria de bom tom um diretor do SINTEPP estar tão próximo as ações governamentais e como desde o inico descartei a possibilidade de renunciar ao SINTEPP já que eu era a única diretora estadual do SINTEPP em Marabá, disse que precisando de uma eventual opinião sobre algum assunto bastava me ligar.
Devo perdão ao Ferreirinha por não ter ido ao seu socorro, por não ter - me interessado em pelo menos passar uma vista no que estava ocorrendo no CIR. No entanto desde o pedido de ajuda do amigo e companheiro de partido, de luta (e também de tendência partidária) não tenho estado bem de saúde, mas da mesma forma que me mantive atuante no SINTEPP e na presidência do Conselho do Martinho Motta (respeitando as devidas recomendações médicas) reconheço que poderia ter tirado um tempo para ajudar o Ferreirinha.
Antes que seja tarde demais deixo minha solidariedade. E se não for muito tarde ofereço a ajuda que o amigo precisar.