Pages

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Bang-bang na Terra do Nunca

Puta merda! Três mortos e quatro feridos a bala no Stoppobre!
Está no blog do jornalista Chagas Filho, hoje:

Foge, foge, Mulher Maravilha!

No show da Banda “Leva Nóiz” (assim mesmo: Nóiz), no Stop Todde, ontem à noite, o Superman ficou fraco porque o Pinguim jogou Kriptonita. Aí, sem o homem de aço lá pra proteger o povo, o pau cantou.
Uma pessoa morreu dentro do Stop Todde, outra faleceu na ambulância do Samu, a caminho do hospital, e um terceiro baleado morreu hoje pela manhã no Hospital Municipal.
Fora isso, outros dois baleados estão internados do Hospital Regional e mais quatro estão hospitalizados no Municipal. Um deles é um menor que está com uma bala encravada no rosto.
Quem conseguiu escapar foi a Mulher Maravilha, que fugiu...
“Foge, foge, Mulher Maravilha; foge, foge com o Superman”.

6 comentários:

Blogue Marabá 2012 disse...

Tinha menor nessa festa?

Bom, com certeza estava acompanhado dos pais, né?

Mas peraí, o ECA não reza que menor não pode estar nesses ambientes nem mesmo acompanhdo dos pais?

Entendi: o ECA já ERA.

Sendo assim, tudo faz sentido.

___________
Adir Castro

Anônimo disse...

Quem licencia esse tipo de evento tem parcela de culpa, e quem deveria fiscalizar não o faz. Ao final, todos se eximirão de culpa, principalmente os organizadores(?), e quem morreu é q..s..f..Em Marabá-PA. 15.04.11.

Anônimo disse...

Ademir,
Não foi o Governador Simão Jamente, que disse que a criminalidade, havia diminuido 50%, em todo o Estado do Pará.
Paulo Cesar

Anônimo disse...

A Criminalidade, deve ter diminuido, no Palacio dos Despachos, porque aqui na terra de Francisco Coelho, a situação, está preta.
Marcio Cardoso

Anônimo disse...

Ainda tem gente que nao queria que esses crimes fossem divulgados na tv.
vamos fiscalizar gente que P. é essa.

Anônimo disse...

Violencia tambem. É a cidade "entregue" aos bandidos que andam armados em todo e qualquer local desta cidade, sem que as autoridaes constituidas tomem providencias para, pelo menos, minimizar tal situação. Em 18.04.11, Marabás-PA.