Pages

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Carro oficial em motel

Acusado de usar veículo oficial para ir a um motel de Passo Fundo (RS), o ex-prefeito do município de Campos Borges, Olivan Antônio de Bortoli, foi condenado na semana passada por improbidade administrativa. Teve os direitos políticos suspensos por três anos e deverá pagar multa correspondente a 25 vezes o valor da remuneração recebida na época. A decisão, da qual cabe recurso, foi tomada pelo juiz da Vara Judicial de Soledade, Leandro da Rosa Ferreira.
O juiz considerou a prova documental (recortes de jornais e filmagem, além de cópia da caderneta de entrada e saída do veículo) e depoimentos de testemunhas. O então prefeito alegou que foi até Passo Fundo para encaminhar assuntos oficiais junto à Caixa Econômica Federal e fazer reparos no veículo.
Em novembro de 2009, noticiou-se que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais rejeitara denúncia contra o prefeito de Lontra (MG), Ildeu dos Reis Pinto (DEM), acusado de ter usado veículo oficial para ir a um motel com uma funcionária da prefeitura na cidade de Montes Claros, o que foi registrado em fotos. A primeira instância havia aceitado a denúncia.
Como o prefeito havia se deslocado com a funcionária para Montes Claros para pagar umas contas da municipalidade, o tribunal entendeu que não houve o dolo da sua parte na utilização indevida do veículo, que apenas se valeu do ensejo para dar uma fugidinha com a servidora...
Em Marabá, a prefeitura comeu abiu sobre assunto semelhante – o Corsa Spacefox NSE-5918, cedido pela Justiça Federal ao DMTU, flagrado no motel Madri. Provavelmente, os servidores do nosso órgão de trânsito pararam no motel apenas para contabilizar algumas entradas e saídas...

7 comentários:

Anônimo disse...

esse coronel tem as costas quentes. Ele é cria de Tião, que Maurino tutelou, e que se um dos dois for eleito, e ele o coronel não sendo eleito vereador, continuará sob a tutela de qualquer um dos dois padrinhos que for eleito. Ele é duro na queda.

Anônimo disse...

É Demir, parece que o coronel foi blindado pelos superiores da PMM. Em 26.07.11, Marabá-PA.

Anônimo disse...

Em Marabá, o Araujo do DMTU posa de sério, mas é so farsa, nao apura os fatos pq se nao vai sobrar pra ele tbm, que nao é nem um santinho como achava Tiao Miranda e como acha o Maurino.

Anônimo disse...

será que tião e maurino se enganaram na escolha. Você acredita nisso? Então você acredita em duendes.

José Coruja da Silva disse...

Uma informação para quem não sabe: várias denúncias contra agentes acusados de corupção e abuso de autoridade, feitas pelo próprio ex-coronel Araújo, estão na Secretaria Municipal de Administração, no setor que apura irregularidades funcionais, porém, jazem nas gavetas do órgão, inlcusive essa do carro no motel. Aí o boi não dança, pois o ex-coronel não pode interferir no trabalho e nos setor alheios, Cabe ao secretário de Administração cobrar o andamento desses e de muitos outros processos funcionais engavetados.

Leo Gomes disse...

O José Coruja tem razão, já ouvi isso do próprio coronel Araújo, que me disse ter denunciado, há mais de um ano, um caso de corrupção no DMTU, mas sem retorno até hoje.

Anônimo disse...

No cornomínio da Mãe Joana ou da sogra como queiram, todo mundo tem telhado de vidro,sem exceção. Se gritar pega o pila, não fica um.

CEBINHO