Pages

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Minha casa, minha vida!

Companheira Idelma Santiago sabe que ando preocupado com o projeto de reformar minha casa, principalmente por falta de dinheiro (novidade!!!). 
Em busca de soluções práticas e econômicas, ela manda sua sugestão para a área externa de lazer, à sombra da varanda e perto do pé de carambola, tira-gosto indispensável. 
Vejam que beleza!

6 comentários:

Maricotinha disse...

Minha preocupação é que queiras fazer os móveis da sala de jantar, cozinha,biblioteca e dormitórios do mesmo material. Assim, Ademir vais ter que colocar chumbo dentro das latinhas pra suportar o peso da "barriguinha de tanquinho", kkkkkkk. Bjim pra ti que vou pro Sal e depois pro Marajó.

Leo Gomes disse...

Aprovada com louvor a ideia da dra. Idelma, sobretudo porque é ecologicamente correta, uma vez que as latinhas são recicláveis!!!

Anônimo disse...

Manda essa sugestao todinha pra mim, urgente, que tambem estou nescessitando delas...

Ademir Braz disse...

Maricotinha, doçura, você não me faz inveja. As praias do Tocantins e Araguaia que o Sal pela burguesada.
Vais à Praia do Pesqueiro, em Soure? Passei um tempinho lá. Nessa época, a diversão dos pescadores residentes na vila da praia era esperar a maré baixar para fisgar arraias. Bastava ouvir o grito do turista leso,esporado pela arraia na baixada que fica quando a maré seca, ali diante dos coqueiros, alguém ia lá jogava o arpão na arraia e a atirava ainda viva no braseiro que eles preparavam desde cedo. rsrsrsrsrsrsrs
Na brasa, a bicha fede a couro queimado! Mas cozinha por dentro e é uma delícia com aguardente eheheheh.
Povinho péssimo!!!! eheheheheheh

Ademir Braz disse...

Cotinha, donzela, aí em cima eu quis dizer "As praias do Tocantins e Araguaia são menos poluídas que o Sal pela burguesada".

Anônimo disse...

Com os móveis de varanda dessas qualidades e quantidades, acho que vou te visitar breve Demir. Só faltou "climatizar" (frio) o local para que "os móveis" se mantenham em temperatura adequada. Em 23.07.11, Marabá-PA.