Pages

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Vinhos e malandragem no front?

Pelo preço do aluguel (R$ 20 mil) deve ser algo assim

No post “Maurino demite 1/3 dos contratados”, pelo menos dois comentários de anônimos chamaram minha atenção. O primeiro, sobre mansão que teria sido alugada em Brasília pela administração do ainda prefeito Maurino Magalhães, onde as reuniões seriam regadas a vinhos finos e outros quitutes igualmente caros.
O segundo, de alguém que assegura ser a mansão (R$ 20 mil mensais) do dono da EB Alimentos, a terceirizada da merenda escolar (R$ 76 milhões por ano).
“Uma vez eu fui a Brasilia e fui convidado a participar de uma reunião dessas com o prefeito e alguns vereadores(as) e secretarias.Eu não fui mas, no aeroporto, noutro dia era comentários, e que o babado tinha sido bom. A reunião foi regada a vinho Lambrusco, o preferido do gestor municipal”, diz o anônimo.
Agora, que tenho em mãos a relação dos demitidos pelo decreto 1032, de 30.12.2010, observo que entre os 57 Assessores Especiais dispensados consta o nome de Fabrício Miclos Leão, apontado como Secretário Extraordinário em Brasília.
Ora, ondefumaça... 
Mas, qual o objetivo de uma assessoria especial com mansão alugada e tudo em Brasília, quando o ainda prefeito poderia contratar lobbystas a custo mais em conta?
Quem puder, explique.

11 comentários:

Anônimo disse...

Ademir,
Ridiculo mesmo foi a sensação de mudança que foi anunciada pelo gestor MM de secretarios e outros.
Resumindo: só sobrou para os cargos comissionados e a desculpa do incompetente gestor é de que os cargos sao dele e nao dos secretarios.
Ate a mulher do Lucidio nao escapou da guilhotina. Pedrinho da Banda, James o faz tudo, Odilon do lixo, Marcio do cacete e outros. A perseguição foi geral.
Agora ridicularmente o MM foi a televisao e disse das mudanças da sua administração e anuncia o ex-ex-vereador suspeito de varios denuncias Regisvaldo para asumir uma secretaria do lixo alegando que o Lucidio esta esgotado e cheio de serviço e para bom entendedor está secando a secretario de obras para tirar o poder deste.
Ora que merda de prefeito é este que não sabe tirar um secreario sequer?
Sem direção e em rumo. Obras inacabadas, secretarios apavorados sem saber o que fazer porque agora maraba esta nas maos do MM. Vai ser um desastre.
Agora a pergunta que nao quer calar?
Porque o juiz que esta com o processo dele ainda nao definiu esta situação, ou seja: se cassa ou nao cassa. Porque tanta demora?
Vc que vive no meio dos advogados tem um explicação para dar aos leitores do seu blog devido a seu acesso e conhecimento deste processo. A quantas anda esta situação que o juiz moroso ainda nao definiu.

Anônimo disse...

Pelo andar da carruagem o nobre deputado recém eleito foi convidado a se explicar....

PROCESSO:RP Nº 319985 - TRE Representação UF: PA
Nº ÚNICO: 319985.2010.614.0000
MUNICÍPIO:BELÉM - PA
PROTOCOLO:232752010 - 09/12/2010 12:08
REPRESENTANTE(S):MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
REPRESENTADO(S):PAULO LIBERTE JASPER
REPRESENTADO(S):WANDERLEY CAMPOS WERNWK -
RELATOR(A):JUIZ JOSÉ RUBENS BARREIROS DE LEÃO
ASSUNTO: REPRESENTAÇÃO - CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO - DEPUTADO ESTADUAL - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE DIPLOMA - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE REGISTRO

Despacho em 11/01/2011 - RP Nº 319985 JUIZ LUIZ GONZAGA DA COSTA NETO
Rh.
Notifiquem-se os Representados do conteúdo da petição inicial, entregando-se-lhes segunda via e cópias dos documentos, a fim de que, no prazo de 05 (cinco) dias, se quiserem, apresentem defesa, facultando-se-lhes juntada de documentos, rol de testemunhas, se cabível.

Após, Conclusos.
Em 11/01/2011.

Anônimo disse...

O omi bota e para laskar com o dinheiro alheio

Quaradouro disse...

Ao das 08:37:
Os advogados do ainda prefeito entraram com um recurso chamado Embargo de declaração, neste caso, de cunho meramente protelatório.
Por isso, o juiz Cristiano Magalhães remeteu o processo ao Ministério Público, que tem prazo para se manifestar.
Logo em seguida, o magistrado vai prolatar sua sentença.
Que o mundo inteiro espera que seja a cassação, por crime de caixa dois, deste prefeito lamentável.

Anônimo disse...

Caro Ademir,
Sinceramente vc acha que este juiz vai cassar o prefeito?
Claro que nao!!!!
Já passou muito tempo e as amizades deste juiz com politicos em jornais e inaugurações o coloca em xeque.

Quaradouro disse...

Ora, das 14:29, se um magistrado vive e reside em determinada comarca, ele deve sim inserir-se na comunidade. Ele não é um deus astronauta proibido de conviver com as pessoas a que serve.
Eu acredito sim, que ele está convencido da culpabilidade do 6M.
Inclusive, alguém me contou que Maurino estaria pagando o débito com a turma de Parauapebas (com dinheiro de quem?)mas isso não extingue sua culpa.

Anônimo disse...

Festa regada a Lambrusco é? Só toma vinho ele é? Por isso que Marabá ta a cara do Maurino
"toda torta e cheia de buracos.

Anônimo disse...

Tah bom ademir, vai dizer que vc acredita no conto da carochinha e em papai noel?
O mesmo anonimo

Anônimo disse...

Ademir,
O anonimo das 14:20 falou uma coisa seria. A questão fundamental não é a inserção do magistrado na sociedade e sim a questão que eu entendi e que PARTES do processo de cassação do Maurino, inclusive este, colocam o juiz sob suspeição por estar na midia e nos eventos publicos, como inaugurações e outros.
Acho que o juiz deveria sim se abster neste momento destas pessoas pois um vai achar que ele esta beneficiando outrem. Aí vem a questão da suspeição.
Pra mim este juiz é mais do que suspeito e o Maurino nao vai ser cassado.
Se este juiz fosse esperto e visse o anseio da população e fizesse o serviço direito cassando gestor ele sairia como heroi da cidade.
Poderiam até reverter em Belem ou Brasilia mas aqui ele sairia bem na foto.
sds,

Anônimo disse...

Mas, amigos, o juiz vê realmente o anseio da população. Veja a quantidade votos depositada no 6M... Pô, e ele tem culpa se a cambada vota e se arrepende (amargamente) depois?! Ora, ora...

Anônimo disse...

Pelo que vejo embora muuuito difícil seria uma forma de afastamento, ou substituição do Juiz, o que é quase impossível,ai sim ficaria do jeito que o diabo gosta, tudo na maré mansa pois até o outro tomar o pé da coisa... o FP acabou o governo e com Marabá.