Pages

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Cala a boca, Maurino!

Maurino, o jeguenauta, continua garimpando em águas turvas

A patacoada feita por Maurino, o jeguenauta, sobre a "pretensa desapropriação" da invasão urbana chamada São Miguel da Conquista escorreu pelo esgoto. Como não pagou a indenização, o juiz César Lins determinou a reintegração de posse do proprietário da área.
Agora, 6M propala que vai "desapropriar" também o Bairro da Paz, a Invasão da Lucinha.
E ainda tem quem acredite nele... 


3 comentários:

Ulisses Silva disse...

Alguém, por favor, interdite o Maurino.

Se pairava alguma dúvida sobre a loucura dele, agora não resta mais.

Anônimo disse...

Mas, Ademir, diga-nos... o que a OAB e a imprensa estão fazendo no sentido ajudar a botar esse meliante no lugar dele?

Quaradouro disse...

A imprensa não tem outro recurso senão denunciar. A OAB aguarda a decisão da instância competente, ou seja a Vara que julga a questão do caixa-dois. Também não se pode olvidar que são tantos os recursos judiciais no processo civil brasileiro que Maurino, se cassado, pode muito bem ficar indo e voltando, como um ioiô, tal e qual aconteceu com o prefeito de Rondon do Pará, Olávio Rocha, apanhado na mesmíssima maracutaia.
De qualquer forma são bastante visíveis os estertores do Maurino, mais enrolado do que fumo de rolo.