Pages

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

História suja


Colega jornalista liga e detalha a história real da suposta prisão do candidato eleito Tião Miranda por agressão a uma eleitora. Segundo ele, quem inventou a história foi o Sr, Demétrius Ribeiro, proprietário da retransmissora local do SBT e da Rádio Itacaiúnas.
Por conta disso, o juiz eleitoral Cristiano Magalhães, em pessoa, foi à rádio com a intenção de lacrá-la por todo o domingo, uma vez que a informação não tinha qualquer fundamento, e diante de representação escrita feita pelo prejudicado, que sequer saíra de casa na manhã do dia da eleição, 3 de outubro. Na emissora, a justificativa é que a notícia estaria na edição on line do Diário do Pará, o que não é verdadeiro. De qualquer forma, a história falsa e suja acabou na internet.
Ignoro se Tião Miranda, amparado em provas, vai ao judiciário em busca de indenização por danos morais em razão de calúnia e difamação.
Eu iria.

3 comentários:

Anônimo disse...

Por falar no Tião, ele pode não ter espancado a eleitora, mas continua mal educado: nem ligou para o Maurino para dizer ao menos "obrigado pela minha grande votação"!

Anônimo disse...

Você é um dos parceiros ilustres do site da melhor revista on line de Marabá (e região). Um link para seu blog está disponível em nosso site: WWW.fococarajas.com.br – veja, curta, sugira, participe... Abraço. Cileide Tavares.

JOSÉ DE ALENCAR disse...

Meu caro Ademir,

Repercuti este seu post no Blog do Alencar.