Pages

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Ecos da Eleição 2010

Do blog do Ribamar Ribeiro:
Qualquer semelhança...


O MP impugnou Jader Barbalho e outros 17 candidatos no Pará com base na Lei Complementar 135/2010, apenas três teriam votos suficientes para se eleger, Bernadete (PT) e Luiz Rebelo (PP) completam a lista. Os outros foram rejeitados já nas urnas.
Nos casos de Jader Barbalho (PMDB) e Bernadete Ten Caten (PT), os registros não foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral, mas o MP recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral. Bernadete ainda não foi julgada, mas a corte deve indeferir o registro, de acordo com todas as decisões proferidas até agora. No caso de Luiz Rebelo (PP), o registro foi indeferido pelo TRE, mas o candidato recorreu ao TSE e ainda aguarda julgamento.
Na corda bamba!! Mesmo com mais de trinta mil votos para deputada estadual, Bernadete vai passar os próximos dias na mesma angustia de Barbalho.
Na espera pelo resultado, caso confirme o que ocorreu com Barbalho. A corda vai quebrar...( Suely Oliveira é primeira suplente e deverá assumir), ou Luiz Sefer (PP) que é o segundo suplente também ficará na repescagem).
Pode ou quer mais???

3 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do resultado das eleições: de uma só tacada o Pará livrou-se de Jáder, Paulo Rocha e Ana Júlia. Uma bênção realmente. Obrigado, Senhor!

Francisco disse...

A grande meta era ser presidente.Quero dar uma forcinha pro Zéserra e indicar algumas vagas prá que realize o sonho da presidência.Daí que indico o cargo de presidente do Asilo,presidente da APAE,presidente da Festa da Uva,presidente Amigos de bairro,presidente da Cooperativa de materiais reciclados,presidente dos engraxates,etc e tal...

Quaradouro disse...

Comenta-se, Francisco, que o Ferreirinha vai sondar o Zé Vampir para, juntamente com o Galvão burro, levarem mais uma vez o Águia para aquele buraco dos mineiros chilenos.
Aliás, segundo a série Soterrados, do cartunista ATorres, o Águia já está lá junto com Remo e Paysandu, e agora com a presença ilustre da ainda governadora Ana Júlia.