Pages

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Maurino demite só 1/3 dos contratados

                                                                    


As pizzas de micro-ondas
do Maurino
Estimados em 1.100, apenas 382 funcionários comissionados estão no decreto de demissão que o ainda prefeito Maurino Magalhães assinou no último dia de dezembro de 2010 e que agora é publicado.
Entre os cedidos ao Judiciário, cerca de 40, a dispensa atinge alguns e, desses , a servidora Cilena Castelo Branco, lotada na 3ª Vara Cível, dos feitos da Fazenda Pública, o que está sendo visto como uma represália à juíza titular da Vara, Aldecy Pissolaty, que ano passado mandou bloquear os bens de Maurino Magalhães, do advogado Marcone Walvenarque Nunes Leite, do Posto do Bolinha e de seus proprietários Dania e Arlindo Cabral Lorenzoni,  todos acusados de lesão ao erário em ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa ajuizada pelo Ministério Público Estadual. O crime, segundo a Justiça, foi praticado quando Maurino era presidente da Câmara Municipal.
Segundo uma fonte, o secretário de Planejamento Glênio Benvindo, importado de Palmas (TO) desde o início da atual gestão, também estaria rifado. Motivo pelo qual um dos caciques políticos do Estado de Tocantins, Siqueira Campos, estaria chegando amanhã para tentar sua permanência na prefeitura.
Ainda segundo a fonte, a advogada Aurenice Botelho perde a chefia da Procuradoria Geral e assume Alexandre Lisboa que, de fato, há muito tempo exerce a função, em razão das ausências prolongadas e sistemáticas da titular.
Na Secretaria de Finanças permanecem todos, acrescenta.
“Especialização em que”?
Se, por um lado, Maurino Magalhães demite menos de 35% dos apadrinhados políticos pendurados no serviço público, acrescenta a fonte, por outro permite que a Superintendência do Desenvolvimento Urbano (SDU), capitaneada pelo vereador licenciado Miguelito Gomes, contrate a peso de ouro o advogado Ronaldo Giusti, até aqui agregado à Câmara Municipal desde o começo da administração de Júlia Rosa, recém-substituída por Nagib Mutran Neto.
“Ronaldo Giusti vai receber R$ 78 mil este ano (R$ 6.500 por mês), para realizar assessoria rotineira na SDU, onde os processos não demandam a “notória especialização” em Direito Fundiário ou qualquer outro, que Giusti não possui, mas que foi alegada pela administração para sua contratação”, protesta a fonte.   

23 comentários:

Mural de Marabá disse...

Será que esses nobres, juntamente com o alcaide, imaginam que o Brasil vai acabar, começando por Marabá, antes do mundo e desde já ajuntam dinheiro suficiente para picar a mula, caso o fim do Brasil aconteça?

Eles têm bastante DNA e semelhança com aquela turma de portugueses que abandonou Portugal, deixando os patrícios pobres para trás e batendo palmas com uma mão só.

Lembro também daquela campanha do governo brasileiro contra as saúvas. Corrijam-me se estiver errado: "Ou o Brasil acaba com as saúvas, ou as saúvas acabam com o Brasil".

Anônimo disse...

Parabéns Ademir

Vc tocou na ferida de dois advogados sem medo de represálias.

Anônimo disse...

e os cultos, ademir, os cultos, como é que estão, acabaram?

Anônimo disse...

Notícia não confirmada dá conta da exoneração da EDILEUZA - SEASP. Averigue se tem fundamentos.

Não entendi como é que subordinados ditos como incompetentes: José Orlando e Carlos Caldas sao exonerados e o o incompetente-mor fica. Aliás, a cabeça está podre, não existe cerébro naaquele cabeção.

O Maurino vai continuar com seu secretariado ruím, que não sabem o que fazer. Estes esperam pelo prefeito que tem visão curta, só consegue ver da cintura para baixo.

O caso do Giusti é puro amor ao dinheiro e nada de ideologia. Mau exemplo para alguém que é/era digno de respeito. Mais que se vende ao Maurino, ao dinheiro fácil. Que horror.

Nilton Rios disse...

Grande Pagão, como é bom saber que temos pessoas como vc, vigilante como um atalaia a nos alertar sobre os desmandos com o dinheiro público em nossas paragens. Continue firme, sabendo que vc nunca estará sozinho.
Nilton Rios (Profº de Geografia/ Pequeno Principe).

Anônimo disse...

Cuidado Ademir!

Como diria Seu madruga do seriado Chaves "A inveja nunca é plena, mata a alma e a invenena!.

Anônimo disse...

e os cultos Ademir, quede os cultos, cadê a folha caindo, caindo, caindo? Cade a lanterna de Diogénes? Giusti, meu filho, o que é isso, melhor era ficar com o Nagibim, pós-moderno, manso e rumo ao século XXI; Miguelito é atrasadão; Nagibim se reformulou, é um homem educado agora. Vamo rezar, vamo rezar, preciso urgentemente rezar, Valei-nos Valois!!!

Anônimo disse...

Esse é o povo governando em que motorista (muitos até pra ficar de papo pro ar) ganha como assessor especial e graduado ganha uma merreca.

Isso sem falar q tem secretário q colocou funcionario de sua empresa na folha de pagamento da prefeitura.

depois dessas demissões o ministerio público vai chover de denúncias porque as coisas nesse governo são tão escangalhadas q todo mundo vê, menos o MP.

Anônimo disse...

Culto? q culto? e pra que? culto a quem?

o maurino tá é manchando o nome de crente...crente mesmo parece q ele nunca foi...é só ver o q ele anda fazendo pra envergonhar o nome de Deus...uma fonte segura la do forum disse q tem um monte de processo contra ele pra reconhecimento de paternidade....é ruim ou quer mais?

Se ele pensa q vai se reeleger com votos dos crentes, tá muito enganado. somos crentes mas não somos bestas.

Anônimo disse...

Nem todos os que estão na relação de comissionados dsligados são o que vc refere, apradinhados políticos , etc... alguns muitas vezes não colaboraram o suficiente com os desmandos do Prefeito e talvez por isso sejam afastados, mas estavam desenvolvendo com competencia o seu trabalho o que ao meu ver não parece interessente para o Maurino.

Anônimo disse...

Ei Pagão, e o scherer, da SEMMA... o cara que de meio ambiente só entende de sacanear com os outros enquanto sua filha e outra técnica fazem projetos pra turma que precisa de licenciamento, tambem foi demitido?

Anônimo disse...

Alguns comissionados são concursados e pensam em somar com o município e manter a saúde econômica da prefeitura...são super desvalorizados pelo prefeito e seus secretários ... ah sim! e lhe digo que os concursados tem apenas um complemento nos salários alcançando o teto do valor da gratificação e os não-concursados recebem integralmente o valor, ou seja, inchando ainda mais a folha de pagamento, fora a lei municipal que reza que algumas comissões só podem ser dispensadas a funcionários concursados como por ex. chefias de divisão, agora avalie se lei vale alguma coisa por aki.

Anônimo disse...

Até hoje, dia 04/01/2011, nada de abono sair... e pelo silêncio da prefeitura, não sai mais nada mesmo! Só ilusão.

Anônimo disse...

De Maurino só os mais incultos e inapetentes esperavam algo. De Giusti entendo como sinal de queda, crise na carreira, se submeter a contratos desta minimitude.

Quaradouro disse...

Desconheço as acusações quanto ao Sr. José Scherer, da Sema, e suas filhas. Também tenho dificuldade em acreditar nelas. Há provas? Denuncie...
O Sr. Scherer permanece no cargo.

Wendel Lima Bezerra disse...

Caros colegas,

Conseguimos reunir com o prefeito hoje, e o mesmo garantiu que o abono foi pago no dia 06/01/2011 e que provavelmente cairá na conta dos servidores no final da tarde do dia 07/01/2011 ou somente na manhã de sábado...

O mesmo também garantiu que irá fazer um levantamento para pagar abono a todos os servidores dos 40%...

Esperamos que isso de fato aconteça e que a acategoria possa ter paz para discutir a pauta de reivindicações de 2011..

Em relação aos readaptados e servidores de licença saúde, o prefeito também garantiu que é possível e justo fazer o pagamento desses servidores...

Wendel Lima Bezerra

Anônimo disse...

Caso Giusti,

Desde e ele simulou um sequestro lá no Incra..
Desde que a mulher dele se locupletou com dinheiro do banco do povo..
Desde que ele fecho uma rua para aumentar a área de sua casa..
Agora, com essa agregação..
Sim, é final de carreira,opção de legoleios..
Triste, Marabá!

Anônimo disse...

E olha que o Giusti é uma sumidade.

Anônimo disse...

fui sabado ao banco e nada de abono que prefeito filha da punha vai a televisao falar que vai dar abono i que desde do dia 3 era para esta na conta ai meu irmao prefeito nunca vai ter credibilidade

Anônimo disse...

O governo Maurino vai ficar marcado por esses causo;
O inchaço da folha com as mulheres dele e os irmãos da igreja
A gastança desenfreada, que endividou e quebrou a prefeitura
A tercerização da merenda escolar,que foi um fracasso
A cidade virou um lixeiro a ceu aberto.
E colocou o nome da igreja evangelica negativamente na boca do povo.Pejorativamente as pessoas se referem usando sempre de forma negativa; aquele crente s......,aquele crente l.....,
as demissões em massa, ate dos secretários deixando a prefeitura sem comando.
E agora mais um escândalo,a prefeitura de maraba alugou uma mansão em Brasilia e que la acontece varias festas regada com caros vinhos e muitas mulheres.
As demissoõ

Anônimo disse...

Mais o prefeito não é crente?
E ele toma vinho?
E ele não é casado?
Como é que pode?
Assim ele ta pecando.
E o pastor dele, sabe desses pecados?
Meu deus! o mundo ta perdido.
Não se faz mais crente como antigamente........

Anônimo disse...

Comenta se a boca pequena que a casa foi alugada do dono da EB alimentos, a empresa da famigerada merenda escolar.
E que o aluguel e 20 mil reais.
Eu ja sabia da casa, uma vez eu fui a Brasilia e fui convidado a participar de uma reunião dessas com o prefeito e alguns vereadores(a)e secretarias.Eu não fui mais no aeroporto noutro dia era só comentários, e que o babado tinha sido bom.A reunião foi regada a vinho lambrusco, é o preferido do
gestor municipal.

Anônimo disse...

É mano! Só DEUS!... E que não seja o mesmo deus do Maurino e sua gang impura. Marabá está a deriva moralmente. Até os ditos filhos da terra, cada um tá pegando ou já pegou sua pontinha pra ficar calado. E MP? O que é? O que siguinifica? Muito pouco? Onde está? O que faz? MP (Mer.. Parada). CEBINHO.