Pages

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Santo do pau oco

Faz de conta que eu sou o Lula


O candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, que não vai bem das pernas eleitorais (pesquisa Datafolha dá vitória do tucano Geraldo Alckmin no 1º turno), sonha que o presidente Lula possa elegê-lo.
Mercadante disse a jornal paulista que falou com Lula, por telefone, na quinta-feira, antes do debate na TV Bandeirantes. "O presidente Lula disse que seria um militante destacado na nossa campanha e a partir da semana que vem estará presente, ajudando muito." Ele disse ainda que Lula "está animado e sabe da importância que tem São Paulo", por isso dará uma prioridade ao Estado.
“Aloisio Mercadante externa a sua confiança de que o Presidente Lula poderá fazer por ele o que ele próprio não está conseguindo”, analisa o advogado Plínio Pinheiro Neto, preocupado com a leitura de que “os candidatos, a partir de Dilma, estão se despersonalizando e esperando que Lula seja eles e que eles sejam Lula”.
Ora, diz Plínio Neto, o Presidente Lula tem maneira personalíssima de ser e de agir e uma capacidade impar de manipular as massas e convencê-las, atributos que por certo são intransferíveis. A partir do momento em que vemos todos esperando que a personalidade e o carisma de Lula sejam transferidos a eles e os elejam, passamos a não conhecer as suas verdadeiras facetas e poderemos incorrer no risco de elegermos ilustres desconhecidos e dissimulados quanto aos seus defeitos e carências pessoais, aos quais conheceremos, verdadeiramente, depois de eleitos.
Isso é trágico!”

3 comentários:

Mural de Marabá disse...

Virou febre. Até candidatos da oposição querem Lula a seu lado.

Anônimo disse...

Perfeita a leitura e as precupações do advogado Plínio. É preocupante sim o que pode nos ocorrer a partir da provável eleição de Dilma Roussef, conforme as pesquisas apontam.
E preocupa mais ainda, a forma com que as pessoas estão se deixando envolver pela candidata a partir da disposição de votar nela porque o Lula está pedindo.
Entendo que os brasileiros estarão dando um passo gigantesco no escuro. Quem é Dilma? tenho feito esta pergunta a seguidores dela e ouço simplesmente, "não sei, mas o Lula vai estar do lado dela". Isto é grave. Quem foi Dilma? quem sabe? duvido que até o próprio Ademir Braz que é jornalista bem informado pode ou sabe responder, se não pesquisar muito. Estaremos assinando um cheque em branco e entregando nossos sonhos a quem não conhecemos, nunca vimos fora do governo Lula - aliás dirigindo uma pasta onde toda a estrutura foi montada para promove-la. Totalmente produzida pelas mãos de cirurgião plástico, Dilma fala e se percebe que a fala também foi produzida. Meu Deus, que eu esteja enganado...mas preocupa muito!!! não quero comentar sobre os outros candidatos (Serra, Plínio e Marina), ambos são bastante conhecidos nossos, ambos tem história. Mas...o Lula está pedindo...né?
Meu consolo é que pode estar na eleição de Dilma e seu mandato o sepúlcro das pretensões ´políticas de Lula no futuro. Pois se ela decepcionar, quem será o culpado? ok ok ok...mas, e as consequencias para o BRASIL?

Mural de Marabá disse...

Anônimo das 22:15 do dia 16.

A Dilma só pode ser invenção do capeta, né?

Camarada, você tá vivendo de passado, acorda, o mundo está noutro momento, esse país também.

Nunca votei no PT. Aliás quero dizer que em 89 colori, levado pela mídia nefasta desse país. Foi depois dessas eleições que mudei minha maneira ver esse pessoal.

Confesso também que já votei em Almir Gabriel, Haroldo Bezerra, Júlia Rosa, Wandelkork (nem sei a grafia correta), esse outro que quase morre do coração outro dia, e inúmeros tranqueiras que nunca fizeram nada, mas acumularam experiência$ ao longo desses seus reinados. Votei, não voto mais.

Mas olha, esse ano votarei em Dilma, nos demais candidatos não votarei. Farei isso por causa desses comentários pra lá de "prontos" que vejo na grande rede, onde pessoas tentam desqualificar A ou B, falando em "experiência", como se algum deles tivesse tido experiência de como presidir esse país antes de assumir o cargo: Sarney, Collor, Itamar, FHC e agora Lula. Nenhum desses senhores nunca havia sido presidente, o foram: agradaram e desagradaram, isso fica gosto do cliente. Mesmo para os cargos anteriores que assumiram, também não nasceram com experiência: adquiriram. É assim que funciona.

Agora, ficar usando dessa tática muito comum no passado para diminuir a alguém, é realmente viver no passado e não ser honesto.

Me recordo quando criança, nos idos de 76, quando surgiu um boato na cidade onde morava e estudava, de que havia uns comunistas sequestrando crianças para arrancar-lhes o coração, foi pânico geral, medo total de qualquer coisa que fosse relacionado a comunismo. Houve até paralisação de aula nas escolas da cidade por conta disso. As pessoas da época não sabiam, mas era boato, puro boato para criar medo na população a respeito dos comunistas. Foi desse tempo em diante que passei a detestar essas manipulações e aos manipuladores ou a quem se presta a esse serviço.

Nesse país só vive nele quem assim o deseja. No nosso país não é como Cuba ou China, onde o sujeito não pode sair porque o governo não lhe dá o passaporte. Aqui não, o sujeito só não sai se o país para onde quer ir não o aceita. Aí é outros quinhentos. Mas a liberdade de ir e vir desse país é para todos.

Uma coisa é certa: ninguém está acorrentado a esse país. Como também ninguém sabe o que o outro precisa para ser feliz. É assim que roda a moinha.

Tá batendo medo como bateu em Regina Duarte, é?

Outra coisa pra finalizar: mesmo você tem condições de governar a essa cidade, esse estado e esse país. Você só precisa escolher uma equipe ou aceitar sugestões. É assim que funciona, já que o administrador não é e nunca será onipresente. Pra isso ele monta uma equipe.

Essa conversinha de experiência não convence mais. Isso funcionava lá no passado.