Pages

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Maurino: Enfim, a casa caiu!

Um brinde à Justiça
 O juiz da 23ª Zona Eleitoral, Dr. Cristiano Magalhães, através de decisão interlocutória no processo que apura crime de Caixa 2 na eleição de 2008, acaba de determinar o afastamento do prefeito Maurino Magalhães e do vice Nagilson Amoury. Segundo uma fonte, Dr. Cristiano Magalhães convenceu-se de que a defesa do enfim ex-prefeito vinha cumulando os autos com recursos que serviriam para nada além de fins protelatórios.
Já vai tarde, Maurino!  Diabos o levem!
Dr. Cristiano Magalhães também determinou que o presidente da Câmara, o médico Nagib Mutran Neto, assuma interinamente o Executivo, e vai agora intimar o deputado João Salame (PPS), segundo mais votado no pleito de 2008, para que se manifeste no prazo de cinco dias se quer ou não assumir a prefeitura de Marabá.
mais detalhes depois das apurações deste repórter.
Parece que ainda falta alguma coisa...

45 comentários:

Anônimo disse...

É fim da picada para Marabá: Maurino, Nagib, Salame...

Blogue Marabá 2012 disse...

TUDO ERRADO!

Nós é que vamos pagar por essa brincadeira. Anotem!

Agora vai ter início aquela gastança do nosso dinheiro com idas e vindas para Belém e Brasília. Com Tião foi assim. Lembram? Ficou cassado? Nada, voltou nos braços do povo. Quer dizer, pelo nosso dinheiro.

Cassa aqui, recorre em Belém. Se perder na capital, recorre a Brasília. E lá se vai dois anos sem que nada tenha sido produzido por quem vai assumir a vaga.

Na verdade acho que uma medida dessas, com dois anos de governo, só vem causar mais danos à cidade.

Deixem o "home" governar e que as instâncias legais o fiscalize até mesmo na compra de um refrigente. Isso deve ser levado atá o último dia de seu governo, para evitar o gasto do nosso dinheiro.

Me pergunto se tudo isso não é de caso pensando para darem fim a nosso dinheiro.

Andre Ribeiro disse...

Ademir, como diz os antigos em sua grande sabedoria e verdadeira devoção a Deus: "a justiça de Deus tarda mas não falha."
Meu medo é de ter novas eleições e Tiao Miranda vir candidato e na altura do campeonato, com popularidade em alta, mesmo sem suas contas aprovadas conseguir se eleger prefeito.
Espero que Joao Salame tenha uma estrategia muito grande, uma articulação muito boa, pois para mim Nagib deu um xeque mate. Logo depois da eleição para presidente da camara.....muita coincidencia.

Anônimo disse...

UM MILAGRE ESTA ACONTECENDO... DEUS OUVIU MINHAS PRECES.... JÁ VAI TARDE.... PUTA QUE P.... O NAGIB PREFEITO DE NOVO .... BERNADETE TINHA RAZÃO MAUIRONO ELEITO NAGIBINHO PREFEITO.... SEJA QUEM FOR QUALQUER UM É MELHO QUE MAURINO... PARABENS MEU AMIGO POR ESTA INFORMAÇÃO QUENTINHA...

Anônimo disse...

Meu Deus do Céu! deixa esse malino ser cassado só em 2012, se não o povo vai ficar com dó(coitadinho) desse gestor imcopetente, e isso pode le favorecer nas eleições próximas.

Anônimo disse...

significa que o Salame vai pensar é? Se quer ou não a Viuvona? Vamo abrir uma bolsa de apostas? Quem pensava que o Naginbim ia ser prefeito de novo, nem que fosse por cinco dias? Eta história maluca? Que vueltas o mundo dá!! Eu estou a disposição para ajudar o Salame: se ele não tomar posse o bicho pega: Ou o Nagibim fica, ou o Maurino volta! Rá rá rs rs rs kkkkkkkkkk
Que decisão mais doida! Parece que foi feita já pensando nas consequencias.

Anônimo disse...

Puro jogo de cena; não vai demorar os cinco dias: o juiz fez pior do que o Maurino, que é um chucro, cassou o homi numa decisão interlocutória! Isso não existe! Logo, logo, o TRE vai devolver o Mau-Mau para a Prefeitura!

Blogue Marabá 2012 disse...

QUE DESPERDÍCIO DE TEMPO E DE DINHEIRO (nosso, é claro)

Só quem não consegue ver as consequências econômicas para nossos bolsos é que aplaude uma atitude dessas no fechar das cortinas.

Por que não o cassaram tão logo surgiu a denúncia do Caixa II? Morosidade?

Tem que ser cassado sim, mas pelo voto popular. Não só ele, mas todos esses tranqueiras que até agora só se deram bem às nossas custas.

Além do mais, todos sabem que no Brasil o judiciário trabalha assim: uma instância manda fazer; outra instância manda desfazer.

Temos enes casos de cassações por esse Brasil afora que acabou em pizza e os cofres públicos ainda mais arrombados.

Um fusquinha 1873 para quem adivinhar quem vai pagar mais essa conta?

Cassação é um investimento a longo prazo, em que rola muito dinheiro até se chegar a um denominador comum ou até mesmo nunca chegar a esse denominador. Mas a notinha vai ser emitida, independente do resultado.

Cassar no fim da festa?!?!

Queria ver se fosse com o dinheiro deles.

Anônimo disse...

Não sei se rio ou se choro...

Risos pelo ferro no Maurino, choro pela volta de Nagib!

Anônimo disse...

Antes o Salame do que o Maurino.

Andre Ribeiro disse...

Acho muito cedo para festejarmos. Acho que tem alguma coisa que nao está bem clara. Concordo com o anonimo das 15:00, Ademir.
Isto esta muito estranho. Acho que o desfecho final seria a cassação. O juiz fez seu papel, pois a vontade popular e suprema quanto a esta questao. Agora eu te pergunto e se lá em cima em menos de 5 dias ou 1 mes que seja ele reverter e voltar com uma liminar? Não vai ficar, no meio dos magistrados, feio para o juiz, que talvez foi um pouco precipitado em vez de cassar somente afastou?

Anônimo disse...

Ademir parabéns pelo seu blog, visito muito ele, e vi hoje aqui em primeira mão essa notícia da cassação do ex prefeito Maurino Magalhães, fiquei muito alegre, por que a justiça tarda mais não falha.
Quero parabenizar o juiz Cristiano Magalhães por essa decisão, por que quem ganha é o povo de Marabá.
Realmento com isso a prefeitura fica mais bagunçada ainda, mais acho q enquanto não vim um prefeito de capacidade para governar Marabá, a cituação com o Maurino só tende a piorar.
O povo está muito decepcionado com ele. durante esses 2 anos não vi quase nada feito.

Anônimo disse...

Quero que as eleições de 2012 comecem logo, não aguento mais essa bagunça, na minha opinião o canditado mais capacitado para o cargo de Prefeito de Marabá é o TIÃO MIRANDA, Por q esses outros aí, só tende a piorar a cidade.
Mais enquanto não chega, prefiro o João Salame.
Maurino não soube honrar o voto das pessoas que confiaram nele.

Anônimo disse...

Eu não sei o q é pior: Sai um prefeito cassado e entra um ex-prefeito cassado...essa é a nossa Marabá.

e agora, José?

Anônimo disse...

Tião Miranda de novo?!?! Tá de brincadeira é ou tu é masoquista? Deixa só no teu lombo, por favor. E por falar em Tião, cita aí três obras dele e quais segmentos da sociedade beneficiou. Não vale reforma de prédio público. Ok? Manda. Se você me convencer quem sabe eu faça coro junto com você. Nem que seja com o couro das costas. Três obras, viu? Ah, ia esquecendo: a Orla não conta, a baba e o projeto era federal. Nem as praças também. E outra coisa, só serve obra municipal.

Quaradouro disse...

Estou lendo e relendo os seus comentários e, sinceramente, fora um ou outro. a maioria me parece o lamento de perdedores sem esperança ou coragem, como se tudo estivesse perdido, a volta de Tião fosse uma fatalidade do destino, como se vivêssemos num beco sem saída.
Gente, vamos desenterrar essas caveiras de burros que emperram o município, o desenvolvimento, e a vida da gente!
Ainda faltam 23 meses para a gente mudar a droga dessas perspectivas ruins!
Vamos reunir, discutir, planejar, adotar medidas práticas para mudar essa droga.
Se a luta passa necessariamente pela filiação a um partido político, vamos procurar uma sigla e formar diretório e filiar militantes e por as tropas na rua para trabalho de convencimento.
Vamos sair da derrota antes de entrarmos em campo!
Em Marabá não existem só PT, PMDB, PR, PTB, PSDB, corruptos até à medula, nem só partidinhos de negociata de balcão.
Para mudar Marabá, a questão ideológica deve ser uma só: ganhar o poder e desmontar as quadrilhas, os safados que já se fossilizaram no poder e na patifaria. Dar fim ao clientelismo, ao compadrio, ao desvio de dinheiro público, à falta de vergonha na cara.
Acordem! Levantem-se!
Chega de ficar lastimando pelos cantos como um bando de derrotados.
Vamos à luta, gente!

Anônimo disse...

Tá certo demir! Não esqueça de que , não adianta pessoas de bem, idôneas, com bom currículum e bons antecedentes levantarem bandeiras de mudanças se maioria esmagadora do povo não tem vergonha na cara; passa três anos e dez meses comendo bosta, reclamando da saúde, do transporte, da segurança, da educação e quando chega no dia da eleição vende seu voto e de sua família por cinquenta reais ou a promessa de um contrato ás cegas, como aconteceu em Morada Nova e S. Félix nas últimas eleições municipais que os corretores de votos do Miguelito, do Nagibinho e da Elka se valeram desse método sujo, que mais uma vez deu certo pra eles (OS MALAS) e errado pra toda uma coletividade, que por conta da inconsequência de uns e mercenarismo de outros, acaba pagando, justos pelos pecadores e gente de bem tendo que comer bosta junto com essa ralé enquanto os pilantras sugam o nosso sangue e riem de nossas caras em suas orgias as nossas custas. Ei! vou cantar a pedra mais uma vez, se liga, o pessoal do Maurino está engrossando o coro do movimento emancipacionista de Morada Nova, e é só a NATA fética, porquê? Queimado aqui e com um bom dindin no bolso e ou em contas de laranjas, não vaiser difícil, caso aconteça a emancipação, ele, o MAUMAU vir a ser o JADER daquele curral. Se liga mano, um abraço, CEBINHO.

Anônimo disse...

Espero que não seja mais um joguinho do judiciário do tipo: ''Eu quebro aqui, tu conserta aí'' como já é de praxe, por isso não é bom comemorar de imediato. Mas, se for efetivo, ''Te liga JOÃO, tu é JOÃO, não é MANÉ''. Lembra o que aconteceu com o JATEVE no primeiro governo dele? que não foi dele, foi do ALMIR, e ele dançou; lembra do governo da ANA SUJA, que não foi dela foi do JADER e ela dançou; tá ligado, que o JATEVE já tem de novo e já esta sendo teleguiado de novo, agora pelo JADER e outros HIV's da politicágem, e que se não abrir o olho vai dançar de novo. Pois é JOÃO! te liga, o Malino fez a mesma merda e pior, colocou lobos pra pastorear, inclusive lobos da velha guarda, que chegaram até virar crentes e se filiarem no partido do Malino pra o covencerem e continuarem se dando bem. E com certeza, se a cassação se efetivar, daqui a pouco essa corja vai tá cantando em coro:'' EU SOU SALAME DESDE PIQUINININHO''. Se liga! tu tens dois anos pra fazer um governo com a tua cara, pensar numa reeleição e mudar os rumos de Marabá, que por conta de tradições nefastas, atualmente caminha pro caos. E não esqueças, ''TU É JOÃO, NÃO É MANÉ''. Boa sorte João, boa sorte Marabá, um abraço, CEBINHO.

reporterchagasfilho disse...

Não consigo entender como existe gente achando ruim o afastamento do Maurino, como se ele, longe das chaves do cofre, fosse causar mais estragos à saúde financeira do município. Uma mudança de governo nessa altura do campeonato pode até emperrar o desenvolvimento do município, mas não é pior do que deixar essa galera no poder. Para com isso! Fora, Maurino! Fora, Nagib! Fora, Tião! Ninguém aguenta mais.

Blogue Marabá 2012 disse...

Penso igual a você. Se a gente continuar votando nesses tranqueiras, continuaremos a ficar só nos reclames.

Se quisermos mudar as coisas, temos que nos juntar contra todos eles, inclusive contra o poder econômico por trás deles - financiadores - travestidos de empresários.

Ultimamente tenho conversado com pessoas iguais a mim, indignadas, no sentido de formamos um grupo para lançarmos candidatura própria em 2012. O problema é que as pessoas indignadas têm medo, timidez ou não acreditam em sim, não têm coragem de meter a cara e assumir seu lugar, preferem ficar reclamando de uns e outros e endeusando a uns e outros.

Se sabemos que essas pessoas estão ficando ricas nas nossas costas, por que não a fazemos descer de nossas costas?

Se tem alguém num determinado posto se aproveitando da situação e da confiança que lhes demos, então a gente assume o seu lugar e faz totalmente o oposto. Não precisamos agir igual a eles.

Administrar é simples, não precisa ser doutor. Mas se for, não tem problema. O ítem principal para ser um bom administrador é ter sensibilidade com o que acontece a sua volta.

Agora, pra entrar numa briga dessas, é preciso perder a crença de que nós não somos capazes, de que somente eles são.

Experiência se adquire na prática. Nenhum deles aí nasceu com experiência.

Outra bobagem é acreditar que somente quem tem dinheiro pode se candidatar. Se eu e você não vende o voto, que diferença faz o candidato ter ou não dinheiro?

Por isso que todos vão às urnas e votam nesses canalhas, porque o discurso é geral: política só se dá bem quem tem dinheiro.

Eu não acredito assim e estou disposto a entrar nessa empreitada, juntamente com quem também estiver indignado.

É só cada um fazer bem feito o que sabe, que essa dinheirama toda desses candidatos não vale nada.

Anônimo disse...

Não pessoal, vamos ter o censo crítico, porem temos que admitir que atualmente a maior liderança política da nossa cidade é o Tião Miranda, não foi atoa que obteve uma votação surpreendente no ano passado, ou será qui irá surgir do nada, um nome de pesso para disputar com tião a prefeitura? Demétrio ribeiro, Ítalo Ipojucan,Ítalo todde, Miguelito,Eka Queiroes,Irismar Sampaio, Nagilson? Sem chance alguma. Ele não foi o melhor, mas também não foi o pior(Maurino),contribuiu muito para o cresçimento de Marabá,e não fez como o maurino, que colocou um bairro todo(Morada Nova),na prefeitura.

Anônimo disse...

Respondendo ao anônimo das 22:27 do dia 25/01. Você parece não conhecer bem Marabá, pois se você seguisse na Transamazônica até o Posto Fazendão, você lembraria como era a Av. Sororó aquela que liga a Rod. Transamazônica a Av. Paraíso no bairro da Liberdade ou fuja do trevo da Transamazônica entrando pela Velha Marabá e pegue a Transmangueira ligando a Nova Marabá ou vá da Folha 07 até o antigo Porto das Balsas e sempre procure aos moradores como era antes. Ah! um lembrete pergunte aos moradores do bairro do Amapá como era a Escola Municipal Basílio Miguel e como está hoje? ou como ficou? também vá na Velha Marabá e veja como ficou o antigo mercado municipal. Dinheiro público tem que ser empregado em órgãos públicos, não seja um cego político.

Domingos (Mototaxista)

Anônimo disse...

Ao Chagas Filho:

Fora todos, dentro só o João que é seu patrão, fique com sua opinião que eu vou lendo sua coluna no jornal Opinião.
Fala sério!

Anônimo disse...

Pois é das 16:16! Também com o astronômico pé de meia que ele tufou ao longo de quase 20 anos sentado em cima do cofre da prefeitura, e díga-se de passágem, não é honesto em sua declaração de bens, assim como a Vanda e outros de sua tchurminha; tendo sócios como o Franco e bestas de cabresto como fãs iguais a você, nem o Berluscone, fala sério! Se te encontrar na posse, se houver, do Magibinho, não vou me adimirar, você é de um mau gosto do cacete. Se a maioria for pensar como você, Marabá vai ficar o resto da vida entre as mãos inidôneas dos Mutantes, do Tião e do Malino, fala sério ô mané. Fui, o KIABO.

Anônimo disse...

realmente ele fez a sororó. dizem lá perto que ele tem um monte de lotes. será? e quanto a serviços no bairro amapá acho que você tá falando do bairro errado. a obra boa dele é a avenida manaus que em menos de dois anos já metade dela foi pro brejo. acho que em mais dois anos ela sucumbe de vez. dizem tamb[em que ele tem alguns lotes pras bandas da mangueira. será por isso que afaltou por lá? aíele nao teve o que fazer foi gastar dinheiro recapando pavimentaçao quando poderia ter jogado essa pelicula de asfalto nas ruas de chao batido. o pessoal diz assim. tiao rouba mas faz.

Anônimo disse...

srá que chagas tá sendo corporativista?

Anônimo disse...

na campanha pra deputado tiao usava esse slogan.
EI, PSIU. VOTE NO TIAO.
pra prefeito em 2012 se ele sair candidato sera esse o slogan.
EI, PSIU. VOTE NO TIAO. ELE R..., MAS FAZ.
o homi disse na campanha pra deputado diz que asfaltou 200 km de rua. praticamente 85% da grande liberdade nao tem asfalto.
ele voltando vai terminar de afasltar os cerca de 185 km que falta ja que toda a cidade deva ter uns 385 a 400 km de ruas.

Anônimo disse...

ÔÔÔ seus bocas de urna do Tião das 16:16 e das 22:27! Se ele é sócio do Franco, bom negócio pra ele mesmo é asfaltar, asfaltar e asfaltar e com asfalto descartável, até o Rio Tocantins , o que para os políticos daqui não é imposível. Pelo jeito vocês também são do grupo só pra f.... a terra e eleitores do Jader, porque rouba, mas faz. Manés. Fui, KIABO.

Anônimo disse...

Ô DEMIR! com o Magibinho de volta é capaz do Vavá virar secretário municipal de segurança e querer voltar no tempo,... no tempo da fazenda vira cebo, e como, quem tem c´, tem medo, eu vou botar a viola no saco, me juntar com o Kiabo e vasar enquanto é tempo. Um abraço, CEBINHO, fuuuui!

Anônimo disse...

Égua Ademir! esse Kiabo e esse Cebinho são puro veneno, mas eu gosto deles. Fala tudo que a gente sabe, quer dizer e não tem corage. Ah muleques!!! Valeu!!! Zé Mané.

Anônimo disse...

Em resposta ao anônimo das 09:07 do dia 27/01. Você pediu que alguém mostrasse 03 obras do ex-prefeiro Tião, foi mostrado sim, agora quanto aos seus bens você tem que acioná-lo na justiça pois sou eleitor e não papagaio para falar só o que dizem, dizem, dizem...
Quanto ao bairro eu volto a dizer é o Amapá mesmo e a escola é Basílio Miguel onde tenho um sobrinho que estuda lá e reclama do macarrão com salsicha.
Ah você lembrou muito bem da Av. Manaus, lembre também da Av. 2000, da Av. Afro Sampaio e veja o transito pesado que nelas circulam. Você com certeza não é marabaense. Se quiseres ver um alfalto que dure mesmo vá em Carolina, no Tumtum ou em Piritoró do Maranhão e perca o Expressa de manhã, se você tiver sorte espere o compadre Raimundo do Leite que vai passar meio dia com a sua D20 de carroceria longa.
Domingos (mototaxista)

Anônimo disse...

Tem gente, contratados e apadrinhados do mau mau,
que quando ver falar em tião miranda fica nervoso,agressivo aí o bicho pega. Pois sabem que de 2013 em diante, a Árvare que o maurino tanto fala nao vai dá bons "frutos" com dantes. Felismente.

Anônimo disse...

o domingos é tiao até debaixo d´água. que fidelidade canina.

Anônimo disse...

domingos, pra mim tiao, salame, asdrubal, bernadete, maurino e todos os atuais e passados vereadores são farinha do mesmo saco. e quanto as obras de tiao elas estao todas acabadas mesmo. nenhuma mais existe. afrosampaio quase nao passa veiculo. a dois mil teve o transito de onibus mudado praquela mais abaixo, senao ja estaria acabada como tá ficando depois da escola geraldo veloso onde o trafego é intenso. o bairro amapa nunca teve a mao do poder publico sobre ele. uma reforma numa escola nao é la grande obra. a saude no tempo de tiao era doente igual é hoje. no tempo dele como agora nunca teve equipamento e material pra tratar os doentes. só voce mesmo que vê e viu alguma coisa boa no governo de tiao. acho que tu tava na folha dele, por isso tá nesse rompente. O ASFALTO BOM FICOU AO REDOR DA CASA DELE. com os politicos que tem e com os eleitor do teu tipo, marabá tá cada vez mais indo pro fundo do posso.

Anônimo disse...

Ô Domingos babão! tu deves ser daquela turma do só pra f.... a terra né mané? então passa sábado. Tá desempregado tá? vai estudar, faz concurso. canôa. Fui, Del Mácio.

Anônimo disse...

Realmente Anônimo das 18:21 Marabá de fato não está indo muito bem, a prova está quando vc escreve a palavra 'POSSO'ao invés de 'POÇO'.

Anônimo disse...

é que estudei nas escolas do tiao. se tivesse ido estudar pras europa igual a filha dele foi eu ecrevia melhor.

Anônimo disse...

sou fã do Domingos(Mototaxi), valeu mano....gostei. O Tião trabalhou sim,e cadê as 20 escolas que o Malino disse que construiu será que foi na Disneylândia ou na suiça, diz ai cara, hahahaha... não encontrei?

Anônimo disse...

Caro amigo Admeir, sempre fui muito ligado ao seu blog e estou acompanhando hoje esse debate entre o ''domingos'' e esse anônimo, que por sinal esta sendo um belo duelo.
Antes de mais nada quero dizer que não sou boca de urna muito menos cabo eleitoral de quem quer que seja, sou funcionário de uma mineradora e trabalho em carajás, não sou marabaense mas amo muito essa cidade. Trabalho na serra mais moro justamente no bairro Belo horizonte citado pelo anônimo, realmente o trânsito da avenida 2000 foi desviado para a rua Rio grande do Sul, rua essa esfaltada. Essa mudança de trânsito facilitou muito pros estudantes da obra kolping e do escola Paulo Freire, e para os idosos que frequentam o forró próximo a escola. Antigamente a última parada era na avenida Manaus com a 2000 e isso causava transtorno aos estudantes e aos idosos. Isso era uma cobrança de nóis moradores do bairro ao ex prefeito tião. Eu não moro ao redor da residência dele, mas o asfalto citado como bom pelo anônimo, beneficiou todos nós da rua cuiabá. Pediria ao anônimo que respondesse ao ''Domingos'' sem o termo Chulo ou prejorativo, pois o debate político só é salutar quando se há entendimento entre as partes, um deve saber o que está perguntando, e o outro tem que saber o que está respondendo . Viva a liberdade da blogosfera

Anônimo disse...

é como eu disse. se a casa do meu vizinho ta pegando fogo porque me preocupar se nao é na minha casa? o cara tem a casa dele perto da do ex-prefeito. como lá ta asfaltado nao importa se o restante das ruas está no brejo. é por esses e outros eleitores que marabá vai bem mal na foto.

e quanto a voce que pergtunta das 20 escolas do maurino,so posso responder assim. NAO SEI. mas acho que ele é igual a tiao, veloso, haroldo, nagibinho e hamilton. tudo farinha do mesmo saco. mas que agrada a alguns. eles nao tem culpa dessa admiraçao que chega ser até adoraçao de alguns por eles. nem tudo nesse mundo é perfeito.

o fa do domingos deve ser o proprio domingos escrevendo adeclaraçao. nao sei qual a intensao.

dizem por ai que na obra da orla ouve um desvio de 6 milhoes de reais. o povo fofoqueiro gosta de falar mal da vida alheia. talvez seja pura inveja do grande lider e prefeito que marabá jamais teve ou terá. vai se saber o que se passa na cabeça dos fofoqueiros. dizem tambem os mesmos fofoqueiros que tiao nao as contas aprovadas. acho que nem foram analisadas. fazer o que se estamos no paraiso da corrupcão onde quem tem paga com o dinheiro dos outros a prova de sua inocencia.

a avenida manaus nao vai guentar mais dois anos pra desaparecer. sao essas boas obras que levam rios de dinheiro nosso para o bolso de alguns vigaristas. esses mesmos vigaristas, nao estou fazendo exersao,sao adorados pela massa ignorante que nao consegue ver um metro alem do nariz.

as vezes duvido que essa opiniao de agluns a respeito dessas pessoas nao seja por causa de algum trocado que recebem ou receberam que tem esperanca de voltar areceber novamente.

esses defensores desses vigaristas sao pessoas que pensam somente nelas. como o fogo nao chegou na sua casa, pra que se preocupar com a casa do vizinho que pega fogo?

é bom se preocupar sim porque o fogo se alastra e no dia que a casa desses defenseores tiver pegando fogo seu vizinho nao estara por perto pra ajudar appagar o fogo.

so pra finalizar dizem ainda os fofoqueiros que tiao foi o unico moveleiro de marabá que ficou milardario.

Anônimo disse...

Quero responder pro anonimo que não reconhece as obras do Tião.
Meu rapaz vc realmente deve se da turma que veio do Tocantins e que estão ganhando" rios de dinheiro",com a administração do prefeito maurino, que importou um povo sabe tudo, liderado por um tal de glenio benvindo, que nesses dois anos ja deve ter ganho uns dois milhões.
Vamos ao que interessa, no bairro do Amapá a escola citada o Basílio Miguel que vc diz que foi uma reforma.E quando vc demonstra falta de conhecimento da nossa cidade.
A Escola Basilio Miguel, funcionava em um barraco, na beira de um barranco que a erosão ja tinha levado o banheiro e o deposito da mesma era uma situação deprimente. A escola foi "construída", a prefeitura comprou o terreno de particular, pois não tinha área publica disponível.E la surgiu um colégio maravilhoso e que deu dignidade para toda comunidade que la reside.
E agora bebe essa, com um pouco de racumin , para matar a tua inveja pois teu prefeito em dois anos não conseguiu construir nenhuma "sala de aula" e nem concluir as obras que o tião deixou.

Blogue Marabá 2012 disse...

Sem querer me meter e já me metendo nessa conversa entre o Domingos e o anônimo, gostaria de saber do Domingos que série o sobrinho dele está cursando. Creio que a escola a que você faz referência, sendo do município, deve oferecer o ensino fundamental.

Apenas lembrando que os prefeitos brigaram e até ameaçaram fazer suicídio coletivo se a educação não fosse municipalizada.

Em 2009 Marabá recebeu mais de R$ 64 milhões do FUNDEB. A informação é acessível pela internet. Sempre recebeu grandes volumes de dinheiro para ser aplicado na educação, isso não é de hoje.

Li algo que você escreveu, onde você relata que seu sobrinho reclama da merenda. Não quero entrar no mérito da questão sabor e qualidade de merenda, nem também a respeito da contratação vergonhosa da empresa para cuidar dessa merenda.

Quero levar em conta somente o que considero o mais importante numa escola pública (escola para nós, os pobres), que é a qualidade de ensino e de como o indivíduo que ali está para ser preparado para esse mundo tão competitivo e cada vez mais globalizado, está sendo de fato preparado para esse fim a que se propõe a educação.

Considerando que seu sobrinho esteja cursando entre o 5º e 8º ano do ensino fundamental você bem poderia fazer um pequeno teste de conhecimentos gerais. O que você pedir para você fazer agora é apenas um teste para você ter uma noção de como teu sobrinho está se saindo.

Faz com ele um teste de matemática envolvendo as quatro operações fundamentais, por exemplo, pergunta pra ele quanto é 8x8; pergunta também se ele sabe o que é logradouro; ainda dentro da matemática, pergunta quanto em reais é 10% de desconto numa compra no valor de R$ 100,00; pergunte pra ele quanto será o preço final de um produto no valor de R$ 300,00, acrescido a ele o juro 2% a/m para ser pago em 10 vezes, facilitando a conta, sem entrada.

Pelas respostas dele você verá como esses senhores que administraram a educação dessa cidadã vêem e tratam seus munícipes.

Isso também vale para você ANÔNIMO do dia 28 de janeiro de 2011 15:29, que diz morar no bairro Belo Horizonte

OBSERVAÇÃO: Se teu sobrinho estiver nos anos iniciais e ainda não chegou ao 5º ano, ignore a questão.

Domingos, a pintura nova nas paredes, o telhado, o piso, se tem ar-condicionado ou ventiladores nas salas, se a merenda é feita em restaurante francês, se as carteiras são super confortáveis, se têm dois ou três professores na sala os acompanhando, serão meros detalhes se ela não passar saber para o indivíduo que ali está. Tudo isso não passará de imagem para o gestor usar em sua autopromoção.

Não sei quanto a você e aos demais, mas eu estudei numa escola de rede pública em 1976 que não tinha nada disso que citei acima. E aqui estou. Tenho um pequeno negócio; sei ler e escrever razoavelmente; sei redigir uma procuração; contrato de locação, currículo, recibo, requerimento, ofício. E o que não sei fazer: corro atrás e busco meios para aprender.

É ISSO QUE A ESCOLA TEM QUE FAZER: Capacitar o indivíduo para que pelo menos ele tente sobreviver sozinho. É inaceitável acharmos normal essa garotada saindo da escola com menos capacidade que nós, que somos de um tempo em que era preciso fazer seletivo para entrar numa escola pública por causa do número de vagas insuficiente; somos de um tempo em que os pais compravam os livros. Os alunos que os pais não tinham dinheiro dividiam os livros com os que tinham; somos dum tempo que era proibido até pensar dentro de uma sala de aula, bem diferente da liberdade que o indivíduo tem para se expressar atualmente; somos dum tempo que as informações eras escassas, hoje tem essa ferramenta chamada internet.
Com tudo isso não é de pensar que saiam da escola com o conhecimento igual ao nosso, dirá menos que o nosso.

Não estão evoluindo, mas regredindo. Isso é que é preocupante, pois serão essas pessoas que cuidarão de nós mais adiante.

Adir Castro

Anônimo disse...

Respondendo ao Blogue Marabá 2012 a respeito da série que meu sobrinho está cursando vou ser franco. Ele tem 11 anos e cursa a 4ª série, mas nem por isso vou culpar o professor, o colégio e nem seus pais,pois passam o dia na labuta do emprego, que dirá o prefeito. Quanto as palavras acrescido, logradouro, porcentagem, valor real, valor de 2% a ser pago em 10 vezes sem entrada, isso deixaria a criança tonta, mas pra não ficar sem resposta procuramos a vovó, mas nada adiantou a véia se embaraiou toda,pois ela disse que quando comprava muitos cortes na pernambucana era ser só amiga do Seu Eduardo que o freguês comprava só de 5 vezes dando uma entrada de haver e o resto pagava de quatro vezes no carneiro. Quanto a educação de meu sobrinho chamei seu pai e pedi mas comprometimento com a educação dele no colégio, mas ele me respondeu: só se eu cortar o pé da piranheira que tem lá na beira do Itacaiúnas e também ter que apartar ele de seus amigos pois o mesmos vivem banhando e brincando de trisca. Deixando de lado a alegria e felicidade de meu sobrinho e vamos a nossa realidade, você diz que em seu tempo você teve que fazer um seletivo pois a concorrência era muita, eu tamém fiz admissão ao ginásio e lia a cartilha paraense, a qual dividia com meus amigos Sialdo, Bilinga, Macakim e Belim.
O vovô pede que você faça essa conta de 4 operações: quantas latas de castanha cabe dentro de 1 hectolitro, um lembrete ignore se você não é dessa época, pois a conta é a seguinte: some 10 hectolitros de sua colocaçao, subtraia por 2 meia praça, multiplique a força que você teria para arriar essa castanha, depois divida entre o tropeiro, o chefe da cantina e o barqueiro.
Não esqueça cada tempo tem seu tempo.
Domingos

Quaradouro disse...

Domingos, mano velho:
Sialdo, Bilinga, Macakim e Belim... Agora você foi fundo! Sialdo é o mesmo amigo meu que foi para Goiânia, parece, e nunca mais ví? Morava ali defrone da casa do seu Edésio, pai do Ademir Martins e das meninas?
Também nunca mais encontrei os demais, talvez Macakim tenha aposentado os tamborins e todos perdemos com isso. Belim continua fardado, né?
Você não se incomoda de arranjar um tempinho pra gente lembrar os bons tempos?
Vê aí.A gente só trabalha, a vida nos dispersou nesta cidade sem controle e nossa história vai ficando no esquecimento... Um abraço!
ademirbraz@hotmail.com

Anônimo disse...

Domingos, desculpe-me, pensei que percentagem fosse uma continha simples dessa nossa data presente, e não de 4 décadas atrás.

Agora entendo a expressão "Velhos Dinossauros".

Quando você diz que cada tempo é um tempo, vejo que me perdi nesse tempo, onde HOJE não sei mais como se faz para saber quanto vai se pagar ao fim de uma compra parcelada e com os juros definido pelo comércio.

Quanto a essa questão das medidas da castanha do Pará, realmente não saberia agora como fazer tais cálculos. Mas garanto que não precisaria mais que um dia de labuta nessa atividade, se ainda existesse, para aprender.

O contato mais próximo que tive com o comércio de castanha, foi quando fui vizinho do finado Mestre Cunha, que tinha um depósito de compra de castanha aqui na Cidade Nova, na Avenida Transamazônica. Costuma ficar por lá "piruando" o movimento deles.

Na 4ª série (com 10 anos de idade) do que antes chamavam primário, eu já sabia as quatro operações matemática e também percentagem. Mas isso é coisa do passado, não tem a menor importância nesses tempos de tecnologia, de calculadoras, computadores... Mas e se o "cabra" não souber usar a calculadora e o computador? Já sei, pede para quem sabe.

Retiro tudo que disse e me dou umas dez chicotadas como punição por querer exigir demais dos nossos jovens.

É muita ignorância da minha parte. Admito.